Você está aqui
  1. Exercícios
  2. Exercícios de Química
  3. Exercícios sobre cálculos de solubilidade

Exercícios sobre cálculos de solubilidade

Estes exercícios sobre cálculos de solubilidade verificarão se você saber determinar a quantidade de solvente ou soluto na solução.

Questão 1

O gráfico ao lado mostra a solubilidade (S) de um determinado sólido em água em função da temperatura (t). Uma mistura constituída de 30 g do sólido e 50 g de água, a uma temperatura inicial de 80º C, foi deixada para esfriar lentamente e com agitação. A que temperatura aproximada deve começar a cristalização do sólido?

a) 25º C

b) 45º C

c) 60º C

d) 70º C

e) 80º C

ver resposta


Questão 2

Observe o gráfico a seguir:

A quantidade de sulfato de césio (Cs2SO4) capaz de atingir a saturação em 500 g de água na temperatura de 60 °C, em gramas, é aproximadamente igual a:

a) 700

b) 1400

c) 1100

d) 1200

e) 1000

ver resposta


Questão 3

(Unifesp) Uma solução com 14 g de cloreto de sódio dissolvidos em 200 mL de água foi deixada em um frasco aberto, a 30°C. Após algum tempo, o soluto começou a ser cristalizado. Qual volume mínimo e aproximado, em mL, de água deve ter evaporado quando se iniciou a cristalização? Dados: solubilidade, a 30°C, do cloreto de sódio = 35 g/100 g de água; densidade da água a 30°C = 1,0 g/mL.

a) 20

b) 40

c) 80

d) 100

e) 160

ver resposta


Questão 4

(Unip) Evapora-se completamente a água de 40 g de solução de nitrato de prata, saturada, sem corpo de fundo, e obtêm-se 15 g de resíduo sólido. O coeficiente de solubilidade do nitrato de prata para 100 g de água na temperatura da solução inicial é:

a) 25 g

b) 30 g

c) 60 g

d) 15 g

e) 45 g

ver resposta



Respostas

Resposta Questão 1

Letra d).

A quantidade de água especificada no gráfico é de 100 g, e o enunciado do exercício trabalha com 50 g, ou seja, a metade. Essa água está a 80 oC. Podemos determinar a quantidade em gramas de sólido que pode ser dissolvida em 100 g de H2O a 80 oC. Com essa análise, verificamos que a quantidade de sólido dissolvida é de 70 g.

Como a quantidade de água utilizada pelo enunciado é de 50 g, a 80 oC, ela dissolverá metade da quantidade dissolvida por 100 g de H2O, ou seja, 35 g de sólido. Assim, podemos interpretar aqui que todos os 30 g utilizados pelo enunciado estão dissolvidos.

Para determinar a temperatura de cristalização do sólido, temos que entender que, se temos em mãos 30 g em 50 g de água, em 100 g, teríamos 60 g (o dobro). Veja a representação disso no gráfico.

voltar a questão


Resposta Questão 2

Letra c).

Primeiro passo: determinar a quantidade desse sal que pode ser dissolvida por 100 g de H2O a 60oC utilizando o gráfico.

Segundo passo: montar uma regra de três, pois sabemos a quantidade de Cs2SO4 dissolvida em 100 g de H2O.

voltar a questão


Resposta Questão 3

Letra e).

Primeiro passo: determinar a quantidade de água, a 30oC, realmente necessária para dissolver os 14 g de cloreto de sódio. Para isso, basta montar uma regra de três utilizando o coeficiente de solubilidade, o qual indica que, em 100 mL de água, dissolvem-se 35 g de cloreto.

Segundo passo: para determinar a quantidade de água que deve ser evaporada, basta subtrair a quantidade de água que existia na solução (200 mL) pela quantidade de água necessária (40 mL) para dissolver os 14 g de NaCl.

voltar a questão


Resposta Questão 4

Letra c).

Primeiro passo: para determinar a quantidade de água (solvente) presente na solução, basta subtrair a massa da solução pela massa do resíduo.

Segundo passo: para determinar a quantidade de nitrato de prata que pode ser dissolvida em 100 g de H2O, basta montar uma regra de três com o coeficiente de solubilidade encontrado no passo anterior, o qual indica que, em 25 g de H2O, são dissolvidos 15 g de cloreto.

voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas