Você está aqui
  1. Exercícios
  2. Exercícios de Biologia
  3. Exercícios sobre tecido nervoso

Exercícios sobre tecido nervoso

Antes de responder a estes exercícios sobre tecido nervoso, relembre as suas características e as células que o compõem.

Questão 1

O tecido nervoso é fundamental para o funcionamento do nosso corpo. Sem ele, não seríamos capazes de responder aos estímulos do meio, raciocinar e nem mesmo nos locomover. A respeito desse tecido, marque a alternativa incorreta:

a) O tecido nervoso é formado por pouca substância intercelular.

b) O tecido nervoso é formado exclusivamente por neurônios, células responsáveis por transmitir os impulsos nervosos.

c) Dendrito é uma das partes do neurônio.

d) O tecido nervoso recebe informações do meio e também as processa e gera respostas.

e) Os neurônios são células grandes que podem atingir diâmetros de até 150µm.

ver resposta


Questão 2

O neurônio é uma célula responsável principalmente pela transmissão de informações. A estrutura de um neurônio está esquematizada a seguir:

Observe a parte do neurônio indicada pelo número 1
Observe a parte do neurônio indicada pelo número 1

Marque a alternativa que indica o nome da estrutura indicada pelo número 1.

a) Corpo celular.

b) Dendrito.

c) Axônio.

d) Glia.

e) Neuróglia.

ver resposta


Questão 3

É possível observar, na região do axônio, uma membrana rica em lipídios que funciona como um isolante, tornando o impulso saltatório. Essa membrana, que é formada por prolongamentos de oligodendrócitos, recebe o nome de:

a) nódulos de Ranvier.

b) dendritos.

c) bainha de mielina.

d) fibra nervosa.

e) gliose.

ver resposta


Questão 4

(Unifor-CE) A unidade básica do sistema nervoso é o neurônio. A organização mais simples desse sistema é a do arco reflexo, sobre o qual podemos dizer que:

a) não pode haver movimento reflexo sem a participação do cérebro.

b) pode haver movimento reflexo sem a participação da medula.

c) uma atividade reflexa simples é realizada por um só neurônio.

d) o neurônio aferente leva estímulo ao efetor.

ver resposta


Questão 5

A esclerose múltipla é uma doença causada pela perda da bainha de mielina (desmielinização) dos neurônios. Essa alteração dos neurônios tem como consequência:

a) o aumento das expansões da membrana plasmática do axônio na tentativa de repor a bainha de mielina.

b) a diminuição do espaço entre os nódulos de Ranvier, dificultando a transmissão dos impulsos nervosos nesses neurônios.

c) a diminuição da velocidade de propagação dos impulsos nervosos nos neurônios afetados pela doença.

d) o aumento da produção de neurotransmissores para facilitar a condução do impulso nervoso nos nódulos de Ranvier.

e) a propagação do impulso nervoso nos dois sentidos da fibra nervosa, causando, assim, um colapso do sistema nervoso.

ver resposta



Respostas

Resposta Questão 1

Alternativa “b”. O tecido nervoso é formado por uma variedade de células. Além dos neurônios, são encontradas as famosas células da glia.

voltar a questão


Resposta Questão 2

Alternativa “c”. A estrutura indicada pelo número 1 é um axônio, um prolongamento que conduz impulso nervoso para outra célula.

voltar a questão


Resposta Questão 3

Alternativa “c”. A bainha de mielina é uma camada que envolve o axônio e é formada pelos prolongamentos de células conhecidas como oligodendrócitos.

voltar a questão


Resposta Questão 4

Alternativa “d”. O neurônio aferente é aquele capaz de captar as informações do meio e levá-las ao sistema nervoso central. São também chamados de sensoriais.

voltar a questão


Resposta Questão 5

Alternativa “c”. A bainha de mielina permite que o impulso seja conduzido de maneira saltatória. Essa forma de condução faz com que menos energia seja gasta e a velocidade do impulso seja maior.

voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
Assista às nossas videoaulas