Você está aqui
  1. Exercícios
  2. Exercícios de Biologia
  3. Exercícios sobre epistasia

Exercícios sobre epistasia

Com estes exercícios sobre epistasia, você pode avaliar o que sabe em relação a esse importante e interessante processo de interação gênica.

Questão 1

A epistasia pode ser definida como

a) um problema genético em que uma alteração estrutural leva à inativação de um gene.

b) um processo em que dois genes expressam-se no mesmo momento.

c) um problema genético em que se observa o rompimento de um gene.

d) um processo em que um gene mascara ou impede a ação de outro.

e) um processo em que um gene desencadeia a produção de proteínas que destrói outro gene.

ver resposta


Questão 2

A epistasia é um caso de

a) codominância.

b) alelos múltiplos.

c) interação gênica.

d) alteração cromossômica.

e) recombinação genética.

ver resposta


Questão 3

Sabemos que a cor do pelo de labradores é um caso de epistasia. Esses animais podem ter pelo de cor preta, marrom ou dourada, e os genes “b” e “e” estão relacionados com essa característica. O alelo B determina a cor preta; o alelo b determina a cor marrom; e os alelos ee relacionam-se com a cor dourada e são epistáticos. Sendo assim, o indivíduo Bbee tem o pelo da cor

a) preta.

b) marrom.

c) dourada.

d) preto com dourado.

e) marrom com dourado.

ver resposta


Questão 4

(Vunesp-2004) Epistasia é o fenômeno em que um gene (chamado epistático) inibe a ação de outro que não é seu alelo (chamado hipostático). Em ratos, o alelo dominante B determina cor de pelo acinzentada, enquanto o genótipo homozigoto bb define a cor preta. Em outro cromossomo, um segundo lócus afeta uma etapa inicial na formação dos pigmentos dos pelos. O alelo dominante A nesse lócus possibilita o desenvolvimento normal da cor (como definido pelos genótipos B_ ou bb), mas o genótipo aa bloqueia toda a produção de pigmentos e o rato torna-se albino. Considerando os descendentes do cruzamento de dois ratos, ambos com genótipo AaBb, os filhotes de cor preta poderão apresentar genótipos:

a) Aabb e AAbb.

b) Aabb e aabb.

c) AAbb e aabb.

d) AABB e Aabb.

e) aaBB, AaBB e aabb.

ver resposta


Questão 5

Um gene é considerado hipostático quando

a) inibe outro gene.

b) é inibido por outro gene.

c) manifesta-se com um gene epistático.

d) não se manifesta em homozigose.

e) não se manifesta em heterozigose.

ver resposta



Respostas

Resposta Questão 1

Alternativa “d”. Na epistasia, um gene mascara ou interrompe a ação de outro gene não alelo. Dessa forma, um gene inibe o outro.

voltar a questão


Resposta Questão 2

Alternativa “c”. A epistasia trata-se de um caso de interação gênica, pois um gene está afetando outro.

voltar a questão


Resposta Questão 3

Alternativa “c”. Se o indivíduo possui os alelos ee, pode-se concluir que se trata de um indivíduo de pelo dourado, pois os alelos em dose dupla (ee) determinam essa cor e inibem os alelos B e b.

voltar a questão


Resposta Questão 4

Alternativa “a”. Os indivíduos pretos são Aabb e Aabb, pois bb determina a cor preta e o alelo A possibilita o desenvolvimento normal da cor.

voltar a questão


Resposta Questão 5

Alternativa “b”. O gene que inibe outro é chamado de epistático, e aquele que é inibido por ele recebe a denominação de hipostático.

voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas
  • Classificação de Orações

    Aproveite a oportunidade para classificar as orações subordinadas adverbiais. Acesse!
  • Concordância Verbal

    Dúvidas em como fazer a concondância verbal em orações com sujeito simples? Treine agora!
  • Catacrese

    Coloque em dia os seus estudos sobre essa figura de linguagem bastante utilizada.