Você está aqui Exercícios Exercícios de Redação Exercícios sobre figuras de sintaxe

Exercícios sobre figuras de sintaxe

Estes exercícios sobre figuras de sintaxe vão ajudar no entendimento sobre esse recurso expressivo que imprime características incomuns à construção linguística.

  • Questão 1

    ENEM – 2009

    Para o Mano Caetano

    O que fazer do ouro de tolo 
    Quando um doce bardo brada a toda brida, 
    Em velas pandas, suas esquisitas rimas? 
    Geografia de verdades, Guanabaras postiças 
    Saudades banguelas, tropicais preguiças? 
     
    A boca cheia de dentes 
    De um implacável sorriso 
    Morre a cada instante 
    Que devora a voz do morto, e com isso, 
    Ressuscita vampira, sem o menor aviso 
     
    [...] 
    E eu soy lobo-bolo? lobo-bolo 
    Tipo pra rimar com ouro de tolo? 
    Oh, Narciso Peixe Ornamental! 
    Tease me, tease me outra vez
    Ou em banto baiano 
    Ou em português de Portugal 
    De Natal 
    [...] 
     
    1 Tease me (caçoe de mim, importune-me).

    LOBÃO. Disponível em: http://vagalume.uol.com.br. 
    Acesso em: 14 ago. 2009 (adaptado). 

    Na letra da canção apresentada, o compositor Lobão explora vários recursos da língua portuguesa, a fim de conseguir efeitos estéticos ou de sentido. Nessa letra, o autor explora o extrato sonoro do idioma e o uso de termos coloquiais na seguinte passagem:

    a) “Quando um doce bardo brada a toda brida” (v. 2) 

    b) “Em velas pandas, suas esquisitas rimas?” (v. 3)

    c) “Que devora a voz do morto” (v. 9) 

    d) “lobo-bolo//Tipo pra rimar com ouro de tolo? (v. 11-12) 

    e) “Tease me, tease me outra vez” (v. 14)

    ver resposta



  • Questão 2

    (ITA)

    Em qual das opções há erro de identificação das figuras?

    a) "Um dia hei de ir embora / Adormecer no derradeiro sono." (eufemismo)

    b) "A neblina, roçando o chão, cicia, em prece. (prosopopeia)

    c) Já não são tão frequentes os passeios noturnos na violenta Rio de Janeiro. (silepse de número)

    d) "E fria, fluente, frouxa claridade / Flutua..." (aliteração)

    e) "Oh sonora audição colorida do aroma." (sinestesia)

    ver resposta


  • Questão 3

    Leia a letra da música a seguir e identifique sua principal figura de sintaxe:

    Exagerado

    Amor da minha vida
    Daqui até a eternidade
    Nossos destinos foram traçados
    Na maternidade

    Paixão cruel, desenfreada
    Te trago mil rosas roubadas
    Pra desculpar minhas mentiras
    Minhas mancadas

    Exagerado
    Jogado aos teus pés
    Eu sou mesmo exagerado
    Adoro um amor inventado

    Eu nunca mais vou respirar
    Se você não me notar
    Eu posso até morrer de fome
    Se você não me amar

    Por você eu largo tudo
    Vou mendigar, roubar, matar
    Até nas coisas mais banais
    Pra mim é tudo ou nunca mais

    Exagerado
    Jogado aos teus pés
    Eu sou mesmo exagerado
    Adoro um amor inventado

    Que por você eu largo tudo
    Carreira, dinheiro, canudo
    Até nas coisas mais banais
    Pra mim é tudo ou nunca mais”.

    (Cazuza/Ezequiel Neves/Leoni)

    a) Catacrese.

    b) Hipérbole.

    c) Eufemismo.

    d) Silepse de número.

    e) Pleonasmo.

    ver resposta


  • Questão 4

    Observe a tirinha a seguir:

    As figuras de sintaxe são uma classificação das figuras de linguagem. São responsáveis por promover desvios sintáticos e concordâncias irregulares
    As figuras de sintaxe são uma classificação das figuras de linguagem. São responsáveis por promover desvios sintáticos e concordâncias irregulares

    No último quadrinho, a palavra “sobremesariano” consiste em um:

    a) Neologismo.

    b) Eufemismo.

    c) Prolepse.

    d) Antítese.

    e) Estrangeirismo.

    ver resposta


  • Questão 5

    Observe as expressões em destaque:

    "Vi, claramente visto, o lumo vivo." (Luís de Camões)

    "Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal." (Fernando Pessoa)

    "E rir meu riso." (Vinícius de Moraes)

    A figura de sintaxe, subdivisão das figuras de linguagem, presente nas três frases é:

    a) Elipse

    b) Pleonasmo

    c) Assíndeto

    d) Polissíndeto

    e) Anáfora.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Alternativa “d”.

    A alternativa “d” apresenta o verso que explora uma figura de sintaxe, representada por meio da aliteração ( que consiste em repetir sons consonantais idênticos ou semelhantes no início de palavras de uma frase ou de versos de uma poesia para criar sonoridade) e da assonância (que consiste em repetir sons de vogais em um verso ou em uma frase, especialmente as sílabas tônicas).

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Alternativa “c”. Na questão, ocorre uma silepse de gênero, já que o adjetivo “violenta” está concordando com a ideia subentendida de “cidade”, e não com o substantivo masculino “Rio de Janeiro”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Alternativa “b”. A hipérbole consiste em exagerar uma ideia com a intenção de enfatizá-la. Pode ser encontrada nos trechos “ Te trago mil rosas roubadas” e “ Eu nunca mais vou respirar”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa “a”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Alternativa “b”. O pleonasmo consiste na repetição de um termo ou ideia, com as mesmas palavras ou não, para torná-los mais expressivos.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas