Você está aqui Exercícios Exercícios de Literatura Exercícios sobre a prosa na segunda geração do modernismo

Exercícios sobre a prosa na segunda geração do modernismo

Estes exercícios sobre a prosa na segunda geração do modernismo abordam as principais características da literatura produzida entre as décadas de 1930 e 1940.

  • Questão 1

    Estão, entre os principais escritores da prosa na segunda fase do modernismo:

    a) Clarice Lispector, Lygia Fagundes Telles, Augusto de Campos e Dalton Trevisan.

    b) Graciliano Ramos, Rachel de Queiroz, José Lins do Rego e Jorge Amado.

    c) Graciliano Ramos, Fernando Sabino, Érico Veríssimo e Mário de Andrade.

    d) Paulo Mendes Campos, Carlos Drummond de Andrade, Dionélio Machado e Hilda Hilst.

    e) Lúcio Cardoso, Roberto Drummond, Jorge Amado e Adélia Prado.

    ver resposta



  • Questão 2

    Sobre a prosa na segunda geração do modernismo, é correto afirmar, exceto:

    a) O romance brasileiro produzido nas décadas de 1930 e 1940, período em que o país e o mundo viveram profundas crises, colocou-se a serviço da análise crítica de nossa realidade e teve na obra de Graciliano Ramos a principal expressão desse momento.

    b) Ainda que distantes do experimentalismo estético proposto pelos modernistas de 1922, os romancistas de 1930 consideravam irreversíveis muitas de suas conquistas, tais como o interesse por temas nacionais, a busca de uma linguagem mais brasileira e o interesse pela vida cotidiana.

    c) O romance de 1930 trilhou diferentes caminhos, sendo o regionalismo, especialmente o nordestino, o mais importante entre todos. Entre seus principais nomes, estão Graciliano Ramos e Rachel de Queiroz.

    d) A prosa na segunda geração do modernismo foi marcada pela preocupação com a descoberta e com a exploração de novas técnicas narrativas, além da sondagem do universo social e psicológico do ser humano. Entre suas principais obras, está Macunaíma, de Mário de Andrade.

    ver resposta


  • Questão 3

    As obras Vidas Secas, O Quinze, Fogo morto, O tempo e o vento e Os ratos foram escritas, respectivamente, por:

    a) Graciliano Ramos, Rachel de Queiroz, José Lins do Rego, Érico Veríssimo e Dionélio Machado.

    b) Guimarães Rosa, Clarice Lispector, Jorge Amado, Luis Fernando Veríssimo e Lúcio Cardoso.

    c) José Lins do Rego, Jorge Amado, Lygia Fagundes Telles, Flávio Carneiro e Luiz Ruffato.

    d) Carlos Drummond de Andrade, Ferreira Gullar, Aluísio Azevedo, Raul Pompéia e José de Alencar.

    ver resposta


  • Questão 4

    Graciliano Ramos é o autor que, no Modernismo, fez parte da

    a) fase destruidora, que procurou romper com o passado.

    b) segunda fase, em que se destacou a ficção regionalista.

    c) fase irreverente, que buscou motivos no primitivismo.

    d) geração de 45, que procurou estabelecer uma ordem no caos anterior.

    e) década de 60, que transcendentalizou o regionalismo.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Alternativa “b”. Graciliano Ramos, Rachel de Queiroz, José Lins do Rego e Jorge Amado, assim como Érico Veríssimo e Dionélio Machado, são os principais representantes da prosa na segunda geração do modernismo brasileiro. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

     Alternativa “d”. A alternativa “d” faz referência à primeira geração do modernismo brasileiro, sobretudo à obra de Mário de Andrade, que, ao lado de Oswald de Andrade e Manuel Bandeira, integrou a chamada “tríade modernista”. 

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

     Alternativa “a”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa “b”. Graciliano Ramos, autor de Vidas Secas, é um dos principais representantes da prosa na segunda geração do modernismo, sobressaindo-se entre os demais escritores em virtude de suas qualidades universalistas e, sobretudo, pela linguagem enxuta, rigorosa e conscientemente trabalhada.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas