Você está aqui Exercícios Exercícios de Literatura Exercícios sobre a primeira fase modernista

Exercícios sobre a primeira fase modernista

Para solucionar estes exercícios sobre a primeira fase modernista, você deve conhecer as principais características da chamada “Fase heroica” do Modernismo brasileiro.

  • Questão 1

    Exercício sobre Modernismo no Enem – 2013 (Questão 129)

    MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA. Oswald de Andrade: o culpado de tudo. 27 set. 2011 a 29 jan. 2012. São Paulo: Prol Gráfica, 2012.
    MUSEU DA LÍNGUA PORTUGUESA. Oswald de Andrade: o culpado de tudo.
    27 set. 2011 a 29 jan. 2012. São Paulo: Prol Gráfica, 2012.

    O poema de Oswald de Andrade remonta à ideia de que a brasilidade está relacionada ao futebol. Quanto à questão da identidade nacional, as anotações em torno dos versos constituem

    a) direcionamentos possíveis para uma leitura crítica de dados histórico-culturais.

    b) forma clássica da construção poética brasileira.

    c) rejeição à ideia do Brasil como o país do futebol.

    d) intervenções de um leitor estrangeiro no exercício de leitura poética.

    e) lembretes de palavras tipicamente brasileiras substitutivas das originais.

    ver resposta



  • Questão 2

    Exercício sobre Modernismo no Enem – 2012 (Questão 108)

    O trovador

    Sentimentos em mim do asperamente

    dos homens das primeiras eras...

    As primaveras do sarcasmo

    intermitentemente no meu coração arlequinal...

    Intermitentemente...

    Outras vezes é um doente, um frio

    na minha alma doente como um longo som redondo...

    Cantabona! Cantabona!

    Dlorom...

    Sou um tupi tangendo um alaúde!

    ANDRADE, M. In: MANFIO, D. Z. (Org.) Poesias completas de Mário de Andrade.
    Belo Horizonte: Itatiaia, 2005.

    Cara ao Modernismo, a questão da identidade nacional é recorrente na prosa e na poesia de Mário de Andrade. Em O trovador, esse aspecto é

    a) abordado subliminarmente, por meio de expressões como “coração arlequinal” que, evocando o carnaval, remete à brasilidade.

    b) verificado já no título, que remete aos repentistas nordestinos, estudados por Mário de Andrade em suas viagens e pesquisas folclóricas.

    c) lamentado pelo eu lírico, tanto no uso de expressões como “Sentimentos em mim do asperamente” (v. 1), “frio” (v. 6), “alma doente” (v. 7), como pelo som triste do alaúde “Dlorom” (v. 9).

    d) problematizado na oposição tupi (selvagem) x alaúde (civilizado), apontando a síntese nacional que seria proposta no Manifesto Antropófago, de Oswald de Andrade.

    e) exaltado pelo eu lírico, que evoca os “sentimentos dos homens das primeiras eras” para mostrar o orgulho brasileiro por suas raízes indígenas.

    ver resposta


  • Questão 3

    Assinale a alternativa em que se encontram preocupações estéticas da Primeira Geração Modernista:

    a) Principal corrente de vanguarda da Literatura Brasileira, rompeu com a estrutura discursiva do verso tradicional, valendo-se de materiais gráficos e visuais que transformaram a estrutura do poema.

    b) Busca pelo sentido da existência humana, confronto entre o homem e a realidade, reflexão filosófico-existencialista, espiritualismo, preocupação social e política, metalinguagem e sensualismo.

    c) Os escritores de maior destaque da primeira fase do Modernismo defendiam a reconstrução da cultura brasileira sobre bases nacionais, revisão crítica de nosso passado histórico e de nossas tradições culturais, eliminação do complexo de colonizados e uso de uma linguagem própria da cultura brasileira.

    d) Amadurecimento da prosa, sobretudo do romance, enfoque mais direto dos fatos, influência da estética Realista-Naturalista do século XIX e caráter documental, como no livro Vidas secas, de Graciliano Ramos.

    ver resposta


  • Questão 4

    Os principais nomes da primeira fase do Modernismo na Literatura foram:

    a) Lima Barreto, Augusto dos Anjos e Oswald de Andrade.

    b) Mário de Andrade, Manuel Bandeira e Oswald de Andrade.

    c) Mário Quintana, Mário de Andrade e Patrícia Galvão.

    d) Manuel Bandeira, Tarsila do Amaral e Lima Barreto.

    ver resposta


  • Questão 5

    Vício na fala

    Para dizerem milho dizem mio

    Para melhor dizem mió

    Para pior pió

    Para telha dizem teia

    Para telhado dizem teiado

    E vão fazendo telhados.

    (Oswald de Andrade)

    Sobre o poema de Oswald de Andrade, julgue as seguintes proposições:

    I. O poema de Oswald de Andrade volta-se contra o preconceito linguístico e nos chama a atenção para a necessidade de uma espécie de ética linguística pautada na diferença entre as línguas, nesse caso em uma única língua.

    II. O poema critica a maneira de falar do povo brasileiro, sobretudo das classes incultas que desconhecem o nível formal da língua.

    III. Para ele, os falantes que dizem “mio”, “mió”, “pió”, “teia”, “teiado”, de certa forma, constroem um “telhado”, ou seja, criam novas formas de pronúncia que se sobressaem, em muitos casos, à norma culta.

    IV. A palavra “vício”, encontrada no título do poema, denota certo preconceito linguístico do autor, que julga a norma culta superior ao coloquialismo presente na fala das pessoas menos esclarecidas.

    a) Todas estão corretas.

    b) I e III estão corretas.

    c) I, III e IV estão corretas.

    d) II e III estão corretas.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Alternativa “a”. A instalação “Brasilidade em construção” explora elementos socioculturais defendidos pelos primeiros modernistas, fazendo referência ao futebol como instrumento de supremacia sobre os portugueses, nossos colonizadores. As anotações feitas em torno dos versos denunciam possíveis direcionamentos para uma leitura crítica de dados histórico-culturais. Conhecer algumas das características da 1ª fase do Modernismo é fundamental para a resolução da questão.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Alternativa “d”. Um dos temas mais importantes para o modernismo, sobretudo para a primeira fase modernista, foi a identidade nacional, especialmente na obra de Mário de Andrade. Podemos notar uma visão problematizadora da questão, já que o escritor escapa da idealização do tema e propõe uma visão mais crítica, evidenciada no choque entre barbárie e civilização.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Alternativa “c”. A primeira fase modernista surgiu do anseio de escritores como Mário de Andrade e Manuel Bandeira por mudanças na Literatura Brasileira. Para a criação de uma Literatura genuinamente nacional, pregavam a ruptura com os padrões clássicos impostos pela cultura europeia. Na linguagem, defendiam uma língua sem arcaísmos, livre de erudição.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa “b”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Alternativa “b”. Em razão do projeto político do autor e da escola literária à qual Oswald de Andrade pertencia, podemos afirmar que o “vício” é, na verdade, uma virtude, uma marca de regionalismo importante para a construção da identidade nacional, bandeira defendida pelos primeiros modernistas. Através da linguagem, Oswald conseguiu contrastar as diferenças entre a classe culta e a classe operária, essa última responsável por usar variantes e regionalismos. Contudo, não há intenção preconceituosa no posicionamento de Oswald, que sempre buscou a valorização do Brasil real presente na linguagem empregada pelo povo.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas