Você está aqui Exercícios Exercícios de Literatura Exercícios sobre Mario Quintana

Exercícios sobre Mario Quintana

Estes exercícios sobre Mario Quintana abordam as principais características da obra de um dos poetas mais queridos da Literatura Brasileira.

  • Questão 1

    (UFSC – 2004)

    Em relação a Mario Quintana, sua obra e o excerto abaixo, do livro Poemas, é CORRETO afirmar que:

    Fere de leve a frase... E esquece... Nada /Convém que se repita... / Só em linguagem amorosa agrada / A mesma coisa cem mil vezes dita.

    I. São características de Mario Quintana, entre outras: a natureza pessoal, quase autobiográfica, de sua obra; o cultivo da forma; e o humor.

    II. Percebe-se, no excerto acima, uma preocupação metalinguística do autor, que extravasa em alguns poemas suas próprias concepções sobre a poesia.

    III. A ideia de o poema ser ‘único’, uma das características da obra de Mario Quintana, está presente no excerto acima.

    IV. O texto poético caracteriza-se por apresentar muitas inversões que atendem estilisticamente ao ritmo dos versos. No excerto, por exemplo, a palavra 'só' pode ser deslocada: ‘em linguagem amorosa só agrada’, sem alteração de significado.

    a) I, II e IV.

    b) II e IV.

    c) III e IV.

    d) I e II.

    ver resposta



  • Questão 2

    (UEFJ)

    Os poemas

    Os poemas são pássaros que chegam
    não se sabe de onde e pousam
    no livro que lês.
    Quando fechas o livro, eles alçam voo
    como de um alçapão.
    Eles não têm pouso
    nem porto;
    alimentam-se um instante em cada
    par de mãos e partem.
    E olhas, então, essas tuas mãos vazias,
    no maravilhado espanto de saberes
    que o alimento deles já estava em ti...

    Mario Quintana

    Eles não têm pouso
    nem porto
    (v. 6-7)

    Os versos acima podem ser lidos como uma pressuposição do autor sobre o texto literário. Essa pressuposição está ligada ao fato de que a obra literária, como texto público, apresenta o seguinte traço:

    a) é aberta a várias leituras

    b) provoca desejo de transformação

    c) integra experiências de contestação

    d) expressa sentimentos contraditórios

    ver resposta


  • Questão 3

    Sobre a poesia de Mario Quintana, é incorreto afirmar:

    a) Enquadra-se, cronologicamente, no terceiro tempo modernista, embora essa classificação seja arbitrária, já que sua poesia crescia sob o clima da década de 30 (segundo tempo modernista) no plano da literatura gaúcha.

    b) Tem no Simbolismo sua maior inspiração, onde encontrou o gosto e a técnica pelos poemas em prosa.

    c) A escola parnasiana é sua maior inspiração. O poeta pregou o culto à palavra e ao formalismo métrico.

    d) Os temas frequentes da poesia de Mario Quintana são: valorização da imaginação, o sonho, a fantasia, o devaneio, o encanto, o misticismo, a humanidade, a existência, o carinho, a canção e o mundo infantil.

    ver resposta


  • Questão 4

    São características da obra literária de Mario Quintana:

    I. Mario Quintana está cronológica e tematicamente vinculado à segunda geração do Modernismo. Em sua poesia é possível notar o bom humor, o coloquialismo e a brevidade, traços característicos das vanguardas modernistas.

    II. Sua poesia é caracterizada por um profundo humanismo. Os principais motivos de sua poética são o misticismo, a ternura, a melancolia, o intimismo, o humor irônico, a nostalgia da infância e a pureza.

    III. Mario Quintana é tradicionalmente classificado como um autor modernista, mais especificamente da 2ª fase do movimento, mas sua obra apresenta influências simbolistas, românticas e parnasianas.

    IV. É possível perceber a musicalidade nos escritos de Mario. O escritor utiliza técnicas literárias tradicionais para compor seus versos, e a estruturação do soneto é um exemplo.

    V. Em sua poesia é possível notar grande influência do realismo mágico ou fantástico por meio de visões oníricas ou surrealistas.

    a) I, III e V.

    b) II e IV.

    c) III e IV.

    d) I, II e V.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Alternativa “a”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Alternativa “a”. Os pássaros, sobre os quais fala o poeta, estão no plano da metáfora, visto que não são pássaros reais. Esses pássaros, por não terem pouso nem porto, podem pousar em qualquer lugar, colaborando com a ideia de que o poema encontra-se aberto a várias leituras.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Alternativa “c”. Embora tenha retomado alguns aspectos da poesia parnasiana, execrada pelos modernistas de 1922, e de ter composto versos sob formas fixas, especialmente sonetos, Mario Quintana tinha no Simbolismo sua maior inspiração.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa “d”. As características descritas nas alternativas III e IV dizem respeito à escritora Cecília Meireles.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas