Você está aqui Exercícios Exercícios de Literatura Exercícios sobre o gênero textual poema

Exercícios sobre o gênero textual poema

Estes exercícios sobre o gênero textual poema abordam as principais características dos elementos que compõem o texto poético.

  • Questão 1

    Sobre as características do gênero textual poema, estão corretas as seguintes proposições:

    I. O poema deve ser construído sob forma fixa, sempre preservando elementos como a métrica e a musicalidade dos versos.

    II. O poema caracteriza-se por ser centrado em um trabalho peculiar com a linguagem. Em geral, reflete o momento e o impacto dos fatos sobre o homem.

    III. O poema diferencia-se dos demais gêneros por ser escrito em versos e por possuir um ritmo mais marcado que o ritmo da prosa.

    IV. A poesia não é exclusividade do poema: ela é uma atitude subjetiva que pode estar nas mais variadas manifestações artísticas.

    a) Todas estão corretas.

    b) Apenas I está correta.

    c) II, III e IV estão corretas.

    d) I e III estão corretas.

    e) I, III e IV estão corretas.

    ver resposta



  • Questão 2

    (Enem - 2005)

    Leia estes poemas:

    Texto 1

    AUTO-RETRATO

    Provinciano que nunca soube
    Escolher bem uma gravata;
    Pernambucano a quem repugna
    A faca do pernambucano;
    Poeta ruim que na arte da prosa
    Envelheceu na infância da arte,

    E até mesmo escrevendo crônicas
    Ficou cronista de província;
    Arquiteto falhado, músico
    Falhado (engoliu um dia
    Um piano, mas o teclado

    Ficou de fora); sem família,
    Religião ou filosofia;
    Mal tendo a inquietação de espírito
    Que vem do sobrenatural,
    E em matéria de profissão
    Um tísico profissional.

    (Manuel Bandeira. "Poesia completa e prosa". Rio de Janeiro: Aguilar, 1983. p. 395.)

    Texto 2

    POEMA DE SETE FACES

    Quando eu nasci, um anjo torto
    desses que vivem na sombra
    disse: Vai, Carlos! ser gauche na vida.

    As casas espiam os homens
    que correm atrás de mulheres.
    A tarde talvez fosse azul,
    não houvesse tantos desejos. (....)

    Meu Deus, por que me abandonaste
    se sabias que eu não era Deus
    se sabias que eu era fraco.
    Mundo mundo vasto mundo,
    se eu me chamasse Raimundo
    seria uma rima, não seria uma solução.
    Mundo mundo vasto mundo
    mais vasto é o meu coração.

    (Carlos Drummond de Andrade. "Obra completa". Rio de Janeiro: Aguilar, 1964. p. 53.)

    Esses poemas têm em comum o fato de

    a) descreverem aspectos físicos dos próprios autores.

    b) refletirem um sentimento pessimista.

    c) terem a doença como tema.

    d) narrarem a vida dos autores desde o nascimento.

    e) defenderem crenças religiosas. 

    ver resposta


  • Questão 3

    (UERJ – 2012)

    SOBRE  A ORIGEM DA POESIA 

    A origem da poesia se confunde com a origem da própria linguagem. 

    Talvez fizesse mais sentido perguntar quando a linguagem verbal deixou de ser poesia. Ou: qual a origem do discurso não poético, já que, restituindo laços mais íntimos entre os signos e as coisas por eles designadas, a poesia aponta para um uso muito primário da linguagem, que parece anterior ao perfil de sua ocorrência nas conversas, nos jornais, nas aulas, conferências, discussões, discursos, ensaios  ou telefonemas [...] 

    No seu estado de língua, no dicionário, as palavras intermedeiam nossa relação com as coisas, impedindo nosso contato direto  com elas. A linguagem poética inverte essa relação, pois, vindo a se tornar, ela em si, coisa, oferece uma via de acesso sensível mais direto entre nós e o mundo [...] 

    Já perdemos a inocência de uma linguagem plena assim. As palavras se desapegaram das coisas, assim como os olhos se desapegaram dos ouvidos, ou como a criação se desapegou da vida. Mas temos esses pequenos oásis – os poemas – contaminando o deserto de referencialidade.

    ARNALDO ANTUNES

    No último parágrafo, o autor se refere à plenitude da linguagem poética, fazendo, em seguida, uma descrição que corresponde à linguagem não poética, ou seja, à linguagem referencial.

    Pela  descrição apresentada, a linguagem referencial teria, em sua origem, o seguinte traço fundamental: 

    a) O desgaste da intuição 

    b) A dissolução da memória

    c) A fragmentação da experiência

    d) O enfraquecimento da percepção

    ver resposta


  • Questão 4

    Sobre a linguagem poética, é incorreto afirmar:

    a) A linguagem poética faz uso de diversos recursos estilísticos, entre eles, as figuras de linguagem.

    b) As figuras de linguagem em um poema têm como objetivo despertar sensações no leitor e impactá-lo, possibilitando que ele crie imagens a partir desse impacto.

    c) A linguagem poética é estritamente autobiográfica: é impossível desvencilhar o poeta de sua criação.

    d) A linguagem poética não possui compromisso com a objetividade: ela pode ser subjetiva e ambígua, oferecendo ao leitor diferentes possibilidades de interpretação.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Alternativa “c”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Alternativa “b”. Tanto no poema de Drummond quanto no poema de Bandeira podemos perceber certo descontentamento e desencanto em relação ao mundo. Ambos têm como característica o pessimismo, o isolamento, o individualismo e a reflexão existencial, elementos evidenciados em seu conteúdo temático.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Alternativa “c”. A linguagem literária não apresenta um caráter utilitário ou prático, pois afasta-se da materialidade das coisas do cotidiano, portanto, a poesia não precisa ter, necessariamente, qualquer tipo de utilidade. Pode, inclusive, ser apenas uma manifestação de beleza conforme os filósofos gregos (entre eles Aristóteles), primeiros pensadores do gênero.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa “c”. É preciso compreender a diferença entre o poeta e o eu lírico. Não devemos confundir a pessoa real com a entidade fictícia. Claro que o poema não está isento da subjetividade de seu criador, mas no momento da escrita uma nova entidade nasce, desprendida da lógica e da compreensão de si mesmo, fatores que nunca abandonam quem escreve os versos (autor/poeta).

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas