Você está aqui Exercícios Exercícios de História Exercícios sobre o surgimento de Constantinopla

Exercícios sobre o surgimento de Constantinopla

Com estes exercícios sobre o surgimento de Constantinopla, você pode testar seus conhecimentos sobre a origem do Império Bizantino.

  • Questão 1

    A cidade de Constantinopla, atual Istambul, foi construída no século IV pelo imperador Constantino, o Grande, com o objetivo de ser o novo centro do Império Romano. O lugar escolhido para a sua construção foi:

    a) a antiga Tessalônia

    b) a antiga Corinto

    c) a ilha de Creta, no mar Egeu

    d) a antiga Bizâncio

    e) o antigo Vale dos Reis, no Egito

    ver resposta



  • Questão 2

    Leia o texto abaixo e, em seguida, assinale a alternativa correta.

    “Depois, quando as muralhas ficaram concluídas, o imperador pôs-se a recrutar habitantes. Por meio de alforrias, da libertação de cativos e com promessas feitas aos traficantes das costas do Mediterrâneo, em breve conseguiu uma multidão, sofrivelmente mista, que abarrotou de alimentos e de espetáculos. A seguir, convenceu os nobres, os ricos e os senadores a virem instalar-se junto dele. Conta-se que doze diplomatas romanos, que regressavam de uma embaixada na Pérsia após dezesseis meses de ausência, foram chamados ao Palácio. – quando regressais a Roma?, perguntou-lhes o imperador. – Não estaremos lá antes de dois meses. – Estais enganados! Digo-vos que esta mesma noite estareis em casa. E, com grande espanto, os embaixadores foram levados pelos oficiais às ordens a residências completamente novas, copiadas exatamente, até o detalhe, daquelas que ocupavam nas margens do Tibre.” (DANIEL-ROPS. A Igreja dos Apóstolos e dos Mártires. Quadrante: São Paulo, 2014. pp. 430-31).

    A partir do texto do historiador Daniel-Rops, que descreve os primeiros anos da reforma de Bizâncio, podemos afirmar que Constantino, com seu gesto, quis dizer aos embaixadores que:

    a) eles não poderiam mais voltar para a Pérsia.

    b) eles não mais exerceriam as funções de embaixadores.

    c) Bizâncio havia se tornado a “Nova Roma”.

    d) Bizâncio era a nova embaixada para eles.

    e) Bizâncio era agora uma satrapia persa.

    ver resposta


  • Questão 3

    Constantinopla podia ser considerada uma cidade militarmente estratégica no contexto do mundo antigo e medieval por, entre outras coisas:

    a) estar situada no Estreito de Bering, entre os continentes Asiático e Americano.

    b) estar situada entre o Mar Negro e o Mar de Mármara.

    c) ter sido conquistada e colonizada pelos hunos, no século V d.C.

    d) ter se tornado colônia egípcia no século VI a.C.

    e) estar situada no golfo de Suez, no Mar Vermelho.

    ver resposta


  • Questão 4

    No alto da coluna de pórfiro, na entrada de Constantinopla, Constantino, o Grande, mandou colocar uma estátua com sua imagem. Essa estátua tinha a cabeça rodeada de raios solares, feitos de bronze. As características dessa estátua colocavam Constantino:

    a) como filho de Apolo.

    b) como herdeiro das divindades solares da Mesoamérica.

    c) como herdeiro direto do deus Amon.

    d) como rei e faraó ao mesmo tempo.

    e) ao lado de seus antecessores romanos, relacionados ao “Sol Invictus”.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D

    A cidade escolhida por Constantino para erguer a nova capital do Império Romano, que depois passaria a ser o centro apenas do Império Romano do Oriente, foi a antiga cidade de Bizâncio, colônia grega fundada no século VII a.C., situada às margens do Estreito de Bósforo.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra C

    Constantino, ao dizer que os embaixadores estariam “em casa”, isto é, em Roma, ainda naquela noite, quis dizer, por analogia, que Bizâncio – a então iminente Constantinopla – era o novo centro do Império Romano, ou seja, a “Nova Roma”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra B

    Constantinopla estava situada às margens do Estreito de Bósforo, isto é, o pequeno canal que liga o Mar de Mármara, ao Sul, com o Mar Negro, ao Norte. É importante ressaltar que o Mar de Mármara afunila-se no Estreito de Dardanelos, que deságua no Mar Mediterrâneo. Sendo assim, quem tivesse o domínio da região de Constantinopla poderia controlar o Leste Europeu, toda a Ásia Menor e grande parte do Oriente Médio e do Sul da Europa.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra E

    A coroa de raios solares era símbolo do “Sol Invictus”, a insígnia que caracterizava a divindade do imperador romano, que estava relacionada tanto ao deus Mitra quanto ao deus Apolo. Ainda que tivesse se convertido ao cristianismo, Constantino manteve grande parte da ritualística romana tradicional.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas