Você está aqui Exercícios Exercícios de História Exercícios sobre Revolução Russa e o Governo de Stalin

Exercícios sobre Revolução Russa e o Governo de Stalin

Nestes exercícios sobre a Revolução Russa e o Governo de Stalin, é possível testar seus conhecimentos sobre aspectos dessa fase da história contemporânea.

  • Questão 1

    (Uerj) (adaptada) “Camaradas, a vida de nosso bem-amado Stálin pertence ao povo inteiro. Stálin é nosso guia, nosso sol. Morte a todos os restos do bando fascista. Sokorine, militante do Partido Comunista da URSS, 1936.” (Apud FERREIRA, Jorge. O socialismo soviético. In: REIS, Daniel Aarão Filho (org.) O século XX: o tempo das crises. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2000.)

    O terror e a propaganda foram dois lados complementares do regime stalinista. Contudo, muitos historiadores afirmam que eles não são suficientes para explicar o grau de aprovação conseguido por este regime tanto dentro como fora da União Soviética. O apoio político dado a Stálin dentro da URSS também é explicado pela:

    a) eclosão da segunda revolução russa, que modificou as bases ideológicas do bolchevismo e excluiu lideranças como a de Trótski.

    b) manipulação estatal do nacionalismo, que possibilitou a mobilização popular e revitalizou o caráter messiânico da cultura russa.

    c) entrada de capitais estrangeiros após a Segunda Guerra Mundial, que facilitou a retomada da industrialização e permitiu a diminuição do desemprego.

    d) introdução da Nova Política Econômica, que permitiu a manutenção da pequena propriedade privada e assegurou a permanência da aliança operário-camponesa.

    e) promoção do livre mercado e da liberdade de expressão.

    ver resposta



  • Questão 2

    (Pucsp) O Estado Soviético, formado após a Revolução Russa, cuidou de expurgar da cultura desse país toda e qualquer manifestação artística que estivesse, no entendimento das autoridades, associada ao chamado "espírito burguês". Foi criada, então, uma política cultural que decretava como arte oficial apenas as expressões que servissem de estímulo para a ideologia do proletariado. Dessa forma, foi consagrado um estilo conhecido por:

    a) expressionismo soviético - que, através de uma orientação estética intimista, procurava expor a "alma inquieta dos povos eslavos", que passaram a integrar a União das Repúblicas Socialistas Soviéticas.

    b) abstracionismo proletário - que, através da decomposição geométrica do real, exprimia a "ordenação sincrônica da sociedade comunista".

    c) realismo socialista - que, através de composições didáticas, esteticamente simplificadas, procurava enaltecer a "combatividade, a capacidade de trabalho e a consciência social" do povo soviético.

    d) romantismo comunista - que, através de um figurativismo apenas sugestivo, procurava realizar a "idealização do mujique", o camponês russo típico, como representante das raízes culturais russas.

    e) concretismo operário - que, através de uma concepção criadora autônoma - não resultante de modelos -, utilizava elementos visuais e táteis, com o objetivo de mostrar a "prevalência do concreto sobre o abstrato"- ideia básica no materialismo dialético.

    ver resposta


  • Questão 3

    “O resultado foi totalmente previsível: as pessoas começaram a passar fome, em números cada vez maiores. Um camponês que não tivesse a aparência de alguém que estava esfomeado era imediatamente considerado suspeito pelas autoridades soviéticas de estar estocando comida. Como relata um historiador, "Um ativista comunista, após fazer uma busca minuciosa pela casa de um camponês que não aparentava a mesma fome dos demais, finalmente encontrou um pequeno saco de farinha misturada com casca de árvore e folhas. O material foi confiscado e despejado em um lago do vilarejo." (WOODS, Thomas. A fome na Ucrânia – um dos maiores crimes do estado foi esquecido. IMB)

    O texto de Thomas Woods faz referência a uma estratégia de privação de alimentos aplicada à população ucraniana pelo líder soviético Josef Stalin. Essa medida levou milhões de ucranianos à morte por inanição. Esse episódio ficou conhecido como:

    a) Holodomor

    b) Política da fome.

    c) Holocausto

    d) Shoa

    e) NEP

    ver resposta


  • Questão 4

    Leia o texto a seguir: “[...] De um certo modo, os companheiros de Lenine, a um passo da morte, continuavam a pensar que 'o partido era o proletariado', e que seu chefe, Stálin, não se apartara da causa proletária. O pensamento ideológico se processa por meio de identificações em cadeia: é sempre um raciocínio, embora muitas vezes irrazoável. E nada mais fácil do que aceitar raciocínios em si verossímeis, mas absurdos com referência à realidade. ” (Aron, Raymond. Paz e Guerra entre as nações. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, Instituto de Pesquisas e Relações Internacionais; São Paulo: Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2002. pp. 244-245)

    Para o autor, o raciocínio dos companheiros de Lenine não se ajustava à realidade:

    a) porque Stalin não tinha pretensão de prosseguir com o comunismo na URSS.

    b) porque o proletariado não tinha uma ideologia, mas sim um programa de ação revolucionária ininterrupto rumo à perfeita sociedade comunista.

    c) porque Stalin abriu as portas da URSS ao capitalismo e ao livre mercado.

    d) porque não havia, nas ideias de Lenin, nenhuma perspectiva política que aprovasse o uso da violência.

    e) porque a ideologia que Lenin desenvolveu, a partir das ideias de Marx, fez com que seus companheiros, mesmo estando a caminho da morte ordenada por Stalin, ainda acreditassem que aquilo acontecia em nome do proletariado.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra B

    O domínio totalitário desenvolvido na União Soviética, assim como o fascismo na Itália e o nazismo na Alemanha, precisou acrescentar aos seus meios de controle o estímulo ao nacionalismo e ao destino mítico do povo russo que – do mesmo modo que o povo germânico, para o nazismo - seria a nação eleita para a expansão do comunismo e de uma novo modelo de sociedade para o mundo todo.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra C

    O realismo socialista caracterizou a arte da União Soviética. A estética desse movimento artístico alinhou-se com a ideologia coletivista, característica do comunismo, desvalorizando o indivíduo e os dilemas enfrentados em vários níveis da vida, como o amoroso, o existencial etc. Esses temas eram condenados como estética burguesa.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra A

    Holodomor é a palavra ucraniana que significa “morte por fome”. O genocídio que Stalin promoveu contra a Ucrânia não teve a mesma repercussão que o Holocausto promovido pelos nazistas contra os judeus, mas foi igualmente nefasto, posto que premeditado e executado de forma planejada.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra E

    O “sonho revolucionário” que era alimentado pela ideologia comunista da Revolução Russa, desde 1917, que pressupunha o domínio dos meios de produção pelo operariado e, por fim, a instalação de um regime completamente igualitário e livre, desmoronou com ascensão de Stalin ao poder, que passou a empreender um regime brutal e centralizador. Mas, ainda assim, como relata o sociólogo Raymond Aron, os velhos companheiros de Lenine ainda se mantinham cativos dessa ideologia, mesmo diante de sua morte, ordenada por Stalin.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas