Você está aqui Exercícios Exercícios de História Exercícios sobre a Revolução Científica do Século XVII

Exercícios sobre a Revolução Científica do Século XVII

Por meio destes exercícios sobre a Revolução Científica do século XVII, você pode averiguar os conhecimento que obteve sobre esse período.

  • Questão 1

    (ENEM).

    (...) Depois de longas investigações, convenci-me por fim de que o Sol é uma estrela fixa rodeada de planetas que giram em volta dela e de que ela é o centro e a chama. Que, além dos planetas principais, há outros de segunda ordem que circulam primeiro como satélites em redor dos planetas principais e com estes em redor do Sol. (...) Não duvido de que os matemáticos sejam da minha opinião, se quiserem dar-se ao trabalho de tomar conhecimento, não superficialmente mas duma maneira aprofundada, das demonstrações que darei nesta obra. Se alguns homens ligeiros e ignorantes quiserem cometer contra mim o abuso de invocar alguns passos da Escritura (sagrada), a que torçam o sentido, desprezarei os seus ataques: as verdades matemáticas não devem ser julgadas senão por matemáticos.” (COPÉRNICO, Nicolau. De revolutionibus orbium coelestium.)

    Aqueles que se entregam à prática sem ciência são como o navegador que embarca em um navio sem leme nem bússola. Sempre a prática deve fundamentar-se em boa teoria. Antes de fazer de um caso uma regra geral, experimente-o duas ou três vezes e verifique se as experiências produzem os mesmos efeitos. Nenhuma investigação humana pode se considerar verdadeira ciência se não passa por demonstrações matemáticas.” (DA VINCI, Leonardo. Cartas.)

    O aspecto a ser ressaltado em ambos os textos para exemplificar o racionalismo moderno é:

    a) a fé como guia das descobertas.

    b) o senso crítico para se chegar a Deus.

    c) a limitação da Ciência pelos princípios bíblicos.

    d) a importância da experiência e da observação.

    e) o princípio da autoridade e da tradição.

    ver resposta



  • Questão 2

    (UFV) Sobre a chamada Revolução Científica, marque a afirmativa INCORRETA:

    a) A lei da gravitação universal foi formulada por Newton, a partir da teoria heliocêntrica e da teoria do movimento dos astros.

    b) O método da observação e da experimentação, aliado a razão matemática, contribuiu para o desenvolvimento das ciências modernas.

    c) A Revolução Científica foi um movimento de legitimação do poder absoluto monárquico e de aumento do poder eclesiástico.

    d) As novas descobertas científicas possibilitaram as grandes navegações e a ascensão da burguesia.

    e) As ideias racionalistas de Descartes e a física newtoniana influenciaram o pensamento iluminista do século XVIII.

    ver resposta


  • Questão 3

    No contexto da Revolução Científica, levada a cabo no século XVII, as pesquisas de Galileu Galilei foram decisivas. A respeito da vida e obra de Galilei, assinale a única alternativa que não está correta:

    a) Galileu desenvolveu o telescópio a partir do aperfeiçoamento de lunetas e lentes.

    b) Galileu elaborou teorias consistentes sobre o movimento dos corpos, sendo a Lei da Inércia uma expressão dessas teorias.

    c) Galileu foi submetido ao tribunal da Inquisição para esclarecer suas opiniões a respeito do movimento do planeta Terra em torno do Sol.

    d) Galileu colaborou diretamente com Isaac Newton na elaboração do livro “Philosophiae naturalis principia mathematica (1678).

    e) Galileu conseguiu observar, por meio do telescópio, as imperfeições da Lua, como as crateras que nela existem.

    ver resposta


  • Questão 4

    Leia o trecho a seguir: É em função da astronomia que se elabora (...) a nova física; mais precisamente: em função dos problemas postos pela astronomia coperniciana, e, especialmente, da necessidade de responder aos argumentos físicos apresentados por Aristóteles e por Ptolomeu contra a possibilidade do movimento da Terra. (KOYRÉ, Alexandre. Estudos Galilaicos. Lisboa: Publicações Dom Quixote, 1992. p. 205.)

    O historiador do pensamento científico, Alexandre Koyré, destaca que a “nova física”, que foi erigida sobretudo por Galileu e, depois, Newton, desenvolveu-se a partir das discussões em torno dos fenômenos astronômicos, sobretudo a respeito do movimento da Terra. Copérnico, Galileu e outros questionavam a física aristotélica e ptolomaica porque essa afirmava, entre outras coisas:

    a) que as teses sobre a imobilidade da Terra não tinham valor porque foram concebidas por pessoas ignorantes.

    b) que o telescópio usado por Aristóteles não era preciso o suficiente para a observação astronômica.

    c) que as investigações de Aristóteles não puderam ser compreendidas, haja vista que seus livros foram alterados pelos árabes.

    d) que Aristóteles não poderia compreender bem os fenômenos naturais, pois viveu na época errada.

    e) que o cosmos estava organizado em esferas celestes e que a Terra era imóvel.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D

    No contexto da Revolução Científica do século XVII, as operações da observação e da experiência (entendida no sentido de experimentação) foram cruciais. A descrição dos fenômenos implicava a necessidade de uma elaboração teórica explicativa, que, por sua vez, exigia testes e comprovações. Tais comprovações eram obtidas por meio dos experimentos. Uma teoria, para ser considerada estritamente científica, deveria obedecer a esses procedimentos. Esse esquema segue vigente até os nossos dias.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra C

    A Revolução Científica não teve nenhuma ligação direta com a legitimação política do absolutismo ou com o poder da Igreja Católica. Ela estava diretamente conectada à tradição de especulações científicas.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra D

    Newton não chegou a conhecer Galileu, dada a distância temporal entre um e outro. As influências que Newton recebeu de Galileu foram indiretas, a partir das obras.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra E

    Para a cosmologia aristotélico-ptolomaica, o mundo possuía uma organização harmônica disposta em esferas celestes e no mundo sublunar, ou terrestre. Nesse esquema, o planeta Terra estava no centro e permanecia imóvel.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas