Você está aqui Exercícios Exercícios de História Exercícios sobre Napoleão Bonaparte

Exercícios sobre Napoleão Bonaparte

Com estes exercícios sobre Napoleão Bonaparte, você poderá testar os seus conhecimentos sobre essa figura emblemática da história contemporânea.

  • Questão 1

    (PUC-Rio) Como general, cônsul e, depois, imperador, Napoleão Bonaparte transformou a França de um país sitiado numa potência expansionista com influência em todo o continente europeu. No entanto, a expansão francesa com seus ideais burgueses encontrou muitas resistências, principalmente entre as nações dominadas por setores aristocráticos.

    Assinale a opção que identifica corretamente uma ação implementada pelo governo napoleônico.

    a) O estabelecimento do catolicismo cristão e romano como religião de Estado.

    b) A descentralização das atividades econômicas, o que permitia que as economias locais prosperassem sem o pagamento de impostos.

    c) A adoção do Código Civil, que garantia a liberdade individual, a igualdade perante a lei e o direito à propriedade privada.

    d) O estímulo, por parte das leis francesas, à criação de sindicatos de trabalhadores, livres da influência do Estado.

    e) A estatização de toda a propriedade agrícola, comercial e industrial nas regiões dominadas pelo exército napoleônico.

    ver resposta



  • Questão 2

    Napoleão Bonaparte, apesar de ter se tornado imperador da França em 1804, não tinha nascido propriamente em território continental francês, mas em uma das províncias do antigo Estado absolutista da França. Onde nasceu Napoleão?

    a) no Congo africano, antigo Zaire.

    b) no Rio de Janeiro, então posse da França.

    c) em Senegal.

    d) em Ajaccio, na Ilha de Córsega.

    e) na Guiana Francesa.

    ver resposta


  • Questão 3

    (UFRGS) Por volta de 1811, o Império napoleônico atingiu o seu apogeu. Direta ou indiretamente, Napoleão dominou mais da metade do continente europeu. Tal conjuntura, no entanto, reforçou os sentimentos nacionalistas da população dessas regiões. A ideia de nação, inspirada nas próprias concepções francesas, passou a ser uma arma desses nacionalistas contra Napoleão.

    Assinale a afirmação correta, relativa à conjuntura acima delineada.

    a) Após o bloqueio continental, em todos os Estados submetidos à dominação napoleônica, os operários e os camponeses, beneficiados pela prosperidade econômica, atuaram na defesa de Napoleão contra o nacionalismo das elites locais.

    b) A Inglaterra, procurando manter-se longe dos problemas do continente, isolou-se e não interveio nos conflitos desencadeados pelos anseios de Napoleão de construir um Império.

    c) A Espanha, vinculada à França pela dinastia dos Bourbon desde o século XVIII, não reagiu à dominação francesa. Em nome do respeito às suas tradições e ao seu nacionalismo, a Espanha aceitou a soberania estrangeira imposta por Napoleão.

    d) Em 1812, Napoleão estabeleceu sólida aliança com o Papa, provocando a adesão generalizada dos católicos. Temporariamente, os surtos nacionalistas foram controlados, o que o levou a garantir suas progressivas vitórias na Rússia.

    e) Herdeira da Filosofia das Luzes, a ideia de nação, tal como difundida na França, fundou-se sobre uma concepção universalista do homem e de seus direitos naturais. Essa concepção, porém, pressupunha o princípio do direito dos povos de dispor sobre si mesmos.

    ver resposta


  • Questão 4

    Depois de ter integrado o chamado Governo do Consulado (1799 a 1804) com Emmanuel Sieyès e Roger Ducos, Napoleão, por meio de um plebiscito, conseguiu aprovar a instauração do primeiro império francês, tendo ele próprio inaugurado a sua dinastia. Na cerimônia de sua coroação, ocorrida em 02 de dezembro de 1804, um fato inusitado ocorreu:

    a) Napoleão autocoroou-se.

    b) Napoleão, inesperadamente, recusou-se a assumir o trono.

    c) Houve o assassinato de Napoleão por um jacobino, dentro da Catedral de Notre-Dame.

    d) a coroação teve de ser adiada em virtude de rumores sobre um possível atentado contra Napoleão.

    e) Napoleão recusou-se a usar a coroa, pois era símbolo do passado absolutista.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra C

    Entre as ações de Napoleão Bonaparte, a que mais teve efeitos duradouros e realmente transformadores na sociedade europeia foi a criação do Código Civil, que prescrevia leis a respeito dos direitos e deveres do cidadão (e não mais súdito), como o direito à propriedade e à liberdade.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra D

    Napoleão Bonaparte era membro de uma família aristocrática da ilha de Córsega, súditos do Reino Francês. Napoleão nasceu nessa ilha, da cidadela de Ajaccio, em 1769, mas recebeu sua formação educacional e militar em Paris.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra E

    Ao mesmo tempo em que Napoleão procurou justificar o seu expansionismo imperialista com os ideais iluministas da Revolução Francesa (liberdade, igualdade, cidadania, Estado nacional etc.), as nações por ele ocupadas viram-se na contingência de se livrarem da presença do império francês em razão dos mesmos ideais.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra A

    Ao contrário do que ocorria com os reis absolutistas, Napoleão não foi coroado pelo papa (o então Pio VII), mas retirou das mãos deste a coroa e a pôs em sua cabeça, quebrando, assim, a tradição firmada entre Igreja e Império. Napoleão, com esse gesto simbólico, queria deixar claro que nenhum outro poder sobrepunha-se ao do imperador.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas