Você está aqui Exercícios Exercícios de História Exercícios sobre o Fim da União Soviética

Exercícios sobre o Fim da União Soviética

Por meio destes exercícios sobre o Fim da União Soviética, você pode averiguar os seus conhecimentos a respeito do colapso do comunismo no leste europeu.

  • Questão 1

    (UFMG) A Perestroika é entendida como um processo de transformação global do sistema socialista da antiga URSS. Considerando-se esse processo de transformação, é CORRETO afirmar que:

    a) a opção pela interdependência entre o aparelho do Estado e o aparelho partidário foi importante para o fim do autoritarismo vigente na esfera das instituições sociais e políticas.

    b) o incremento da indústria de armamentos, em razão da posição hegemônica da URSS na Guerra Fria, gerou recursos importantes para a implementação de novas estratégias econômicas.

    c) a Glasnost, como abertura democrática, abriu caminho para a reforma do Estado e para discussões ideológicas e assegurou transformações básicas na economia soviética.

    d) o crescimento da economia soviética nos anos 80 deste século, a taxas bastante elevadas, impulsionou o processo de transformação do sistema socialista na URSS.

    ver resposta



  • Questão 2

    Com o esfacelamento da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas (URSS) em decorrência do colapso do modelo político-econômico comunista, que vigorou nesses países durante décadas, uma nova associação de apoio mútuo foi estabelecida entre a Rússia e outros países da ex-URSS. O nome dado a essa associação foi:

    a) Organização do Tratado do Atlântico Norte

    b) Associação Progressista do Leste Europeu

    c) Pacto de Varsóvia

    d) Comunidade dos Estados Independentes

    e) Fundo Monetário Internacional

    ver resposta


  • Questão 3

    (UFRN) Em 1991, a guerra civil na República Federativa da Iugoslávia iniciou-se com alguns conflitos na Croácia e na Eslovênia. Em 1992, as lutas ocorreram na Bósnia-Herzegovina, estendendo-se até dezembro de 1995. Recentemente, elas atingiram a província de Kosovo, na República Sérvia. Para a ocorrência de todos esses conflitos, contribuiu o (a):

    a) colapso dos regimes socialistas no Leste Europeu, o que provocou abalos na unidade política das províncias balcânicas, criando condições para que emergissem as diferenças étnicas, culturais e religiosas.

    b) interferência das nações europeias participantes da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) para evitar que os conflitos locais da região balcânica tivessem o apoio dos países signatários do Pacto de Varsóvia.

    c) processo de globalização, que acelerou a modernização industrial dos países participantes da União Europeia (UE), causando desemprego, o que poderia ser resolvido com o crescimento dos exércitos regulares.

    d) origem histórica dos povos eslavos, que buscavam uma forma de reconstruir o Império Otomano, desfeito autoritariamente pelo Acordo de Potsdam e pela Conferência de Yalta após a Segunda Guerra Mundial.

    ver resposta


  • Questão 4

    Em 1991, a cúpula do Partido Comunista Russo organizou um golpe contra o então líder reformista Mikhail Gorbachev. Entre os golpistas, encontravam-se Gennady Yanayev, Dimitri Yazov, Boris Pugo, Vladimir Kryuchov e Valentin Pavlov. A população russa, desgastada pelo regime comunista, insurgiu-se contra o golpe naquele mesmo ano. Nesse contexto, a figura política que se encarregou de liderar a população a lutar pela liberdade foi:

    a) Dmitri Medvedev

    b) Boris Yeltsin

    c) Lev Kamenev

    d) Nikita Kruschev

    e) Karl Kautsky

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra C

    A Perestroika e a Glasnost foram estratégias reformistas elaboradas por Mikhail Gorbachev que atuavam mutuamente coordenadas. Uma dependia da outra, isto é, a tentativa de reformular o sistema comunista (com a Perestroika) deveria estar articulada com uma necessária abertura para a democracia e transparência. Entretanto, a estratégia de Gorbachev, ao contrário de “salvar o comunismo”, contribuiu ainda mais para seu colapso.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra D

    A Comunidade dos Estados Independentes, ou CEI, foi criada em dezembro de 1991 após os tumultuados meses de crise que configuraram o fim da União Soviética. Como o próprio nome indica, os países inclusos na CEI não estavam mais subordinados ao poder central de Moscou, como ocorria na URSS, mas eram livres política e economicamente.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra A

    O território da ex-Iugoslávia era caracterizado pelas complexas divergências religiosas e étnico-nacionalistas. Essas divergências estiveram sob o controle totalitário do general Josip Broz Tito durante as primeiras décadas da Guerra Fria, que, ao contrário de outros líderes daquela região, não ficou submetido integralmente à autoridade de Moscou. Com a desintegração da URSS, em 1991, alguns dos Estados que compunham a Iugoslávia declararam-se independentes, como foi o caso da Bósnia-Herzegóvina. Os interesses dos vários Estados vinculados à Iugoslávia acabaram por entrar em rota de colisão, dando início à guerra civil.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra B

    Boris Yeltsin foi o principal articulador da transição do comunismo soviético para o estabelecimento da democracia na Rússia. Sua figura tornou-se mundialmente emblemática após ele ter enfrentado diretamente o golpe articulado pela cúpula do partido comunista soviético contra Gorbachev, em 1991.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas