Você está aqui Exercícios Exercícios de História Exercícios sobre Expansão Islâmica

Exercícios sobre Expansão Islâmica

Por meio destes exercícios sobre Expansão Islâmica, você poderá testar os seus conhecimentos sobre os fatos que culminaram nas conquistas muçulmanas durante a Idade Média.

  • Questão 1

    (Puccamp) Para compreender a unificação religiosa e política por Maomé, é necessário conhecer:

    a) a atuação das seitas religiosas sunita e xiita, que contribuíram para a consolidação do Estado teocrático islâmico.

    b) os princípios legitimistas obedecidos pela tribo coraixita, da qual fazia parte.

    c) os fundamentos do sincretismo religioso que marcou a doutrina islâmica.

    d) as particularidades da vida dos árabes nos séculos anteriores ao surgimento do islamismo.

    e) a atuação da dinastia dos Omíadas que, misturando-se com os habitantes da região do Maghreb, converteram-se à religião muçulmana e passaram a ser chamados de mouros.

    ver resposta



  • Questão 2

    (FGV) Para explicar a rápida expansão muçulmana, ou do Islã, há vários fatores. Qual dos tópicos a seguir não é explicativo disso:

    a) o crescimento demográfico da população árabe, que pressionava o povo a procurar terras favoráveis à agricultura;

    b) à fraqueza defensiva do Ocidente, devida à política de paz e tolerância da Igreja Católica;

    c) o império Bizantino e o Império Persa guerrearam durante séculos, enfraquecendo-se mutuamente;

    d) no Ocidente a expansão árabe soube aproveitar as fraquezas dos Estados bárbaros descentralizados, que sucederam o Império Romano;

    e) o estímulo muçulmano à Guerra Santa (Jihad), coordenado pelos califas, em nome da expansão da fé islâmica.

    ver resposta


  • Questão 3

    A região da Europa Ocidental que ficou ocupada pelos muçulmanos durante séculos e que só conseguiu retomar os seus domínios no século XV, mediante uma união de reinos católicos, foi:

    a) A Inglaterra

    b) a Península Balcânica

    c) A França

    d) A Alemanha

    e) a Península Ibérica

    ver resposta


  • Questão 4

    Leia o trecho a seguir: “Sim, a expansão islâmica também abrangia os mares: desde o califa Moawiah (660 d.C) os muçulmanos dispunham de uma frota, e com ela também alargaram seu poder e invadiram as ilhas de Chipre, Rodes, Creta e Sicília, além de transformarem o porto de Cizico (Cyzicus), na Ásia Menor, em uma importante base naval islâmica de onde passaram a assediar Constantinopla.” (COSTA, Ricardo da Costa. A expansão árabe na África e os Impérios Negros de Gana, Mali e Songai. In: NISHIKAWA, Taise Ferreira da Conceição. História Medieval: História II. São Paulo: Pearson Prentice Hall, 2009, p. 34-53.)

    A hegemonia islâmica do Mar Mediterrâneo foi quebrada, entre outras coisas, a partir da ofensiva das Cruzadas. Como consequência da perda dessa hegemonia, temos:

    a) a reabertura comercial da Europa Ocidental, sobretudo por meio de cidades portuárias, como Veneza e Gênova.

    b) a colonização islâmica do norte da Europa: Dinamarca, Suécia, Inglaterra, etc.

    c) o empobrecimento do sul da Europa.

    d) o fim dos califados islâmicos.

    e) a conquista da África pelos venezianos.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D

    O projeto de expansão islâmica para além das fronteiras da Península Arábica só pode ser compreendido se, inicialmente, se levar em conta o modo como Maomé conseguiu organizar as tribos árabes em torno da religião islâmica, por ele fundada.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra B

    Não havia, propriamente, uma fraqueza defensiva na Europa Medieval à época da expansão islâmica. Acontece que, nos séculos VII e VIII d.C., os reinos medievais estavam também em processo de formação, como os reinos dos Francos, e começando a articular-se com a Igreja Católica. Os outros fatores apontados pelas demais alternativas dão um panorama do conjunto de fatos que contribuíram para essa expansão.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra E

    A Península Ibérica (onde hoje se encontram Portugal e Espanha) começou a sofrer um processo de ocupação islâmica muito rápido durante o século VIII d.C. Um dos maiores centros populacionais da época encontrava-se na região de Andaluzia (Espanha) e era conhecido como Califado de Córdoba. Só no século XV os reis católicos Isabel e Fernando, que se encontravam ao norte da Península, na fronteira com a França, conseguiram reunir forças para combater e expulsar os muçulmanos.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra A

    Com o fim do monopólio sobre o Mar Mediterrâneo, a abertura comercial entre a região do sul da Itália e regiões de Oriente, da África, entre outras, passou a ser novamente possível. O Renascimento comercial da Europa Ocidental e, posteriormente, o Renascimento Cultural e Humanístico estão relacionados com esse processo.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas