Você está aqui Exercícios Exercícios de História do Brasil Exercícios sobre Insurreição Pernambucana

Exercícios sobre Insurreição Pernambucana

Com estes exercícios sobre Insurreição Pernambucana, você poderá averiguar seus conhecimentos sobre esse acontecimento que acabou por expulsar os holandeses do Brasil.

  • Questão 1

    A eclosão da Insurreição Pernambucana no século XVII fez parte de uma série de eventos que se desenrolou após:

    a) a morte de Dom Sebastião.

    b) a ascensão de Felipe II ao trono espanhol.

    c) a morte de Maurício de Nassau em Recife.

    d) o fim da União Ibérica.

    e) o início da Revolução Francesa.

    ver resposta



  • Questão 2

    Entre as principais razões para a Insurreição Pernambucana estava:

    a) a intensificação da cobrança dos empréstimos que os senhores de engenho haviam contraído com os banqueiros holandeses.

    b) a morte de Domingos Fernandes Calabar.

    c) as reformas agrárias promovidas pelos holandeses, o que provocou o fim dos grandes latifúndios e da produção de açúcar.

    d) a invasão da região da Guanabara pelos franceses huguenotes.

    e) a expulsão da Companhia das Índias Ocidentais das Antilhas.

    ver resposta


  • Questão 3

    O desfecho da Insurreição Pernambucana, pode-se dizer, foi decidido nas Batalhas dos Guararapes. Sobre esse conflito, é INCORRETO dizer que:

    a) leva esse nome porque ocorreu nos Montes Guararapes.

    b) não causou nenhum dano à estrutura militar holandesa.

    c) desenrolou-se entre os anos de 1648 e 1649.

    d) Antônio Dias Cardoso foi um dos principais líderes dos insurretos.

    e) foi retratado no século XIX pelo pintor Pedro Américo.

    ver resposta


  • Questão 4

    A Insurreição Pernambucana foi, em grande parte, reflexo da rivalidade histórica que havia entre Espanhóis e Holandeses. A ocupação dos holandeses no Brasil ocorreu em uma época em que o país estava sob o jugo da Coroa Espanhola. Nesse mesmo contexto ocorria(m):

    a) As Guerras Napoleônicas

    b) A Guerra das Rosas

    c) A Guerra dos Trinta Anos.

    d) As Guerras de Unificação Nacional da Alemanha e da Itália

    e) A Guerra de Secessão Americana

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D

    A União Ibérica, isto é, a junção dos tronos espanhol e português após a morte de D. Sebastião, de Portugal, começou em 1580 e só teve fim em 1640. Foi nesse período que os holandeses se apossaram de territórios portugueses, incluindo a região do Nordeste brasileiro. A partir da década de 1640, portugueses e nativos brasileiros começaram a rebelar-se contra a presença holandesa no Nordeste.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra A

    Durante o período em que os holandeses montaram o seu sistema administrativo no Nordeste do Brasil, o financiamento dos senhores de engenho era todo feito pelos bancos da Holanda, que impunham vultosos juros sobre os empréstimos. Com o tempo, essa característica do empreendimento holandês tornou-se um dos principais alvos do ataque dos insurretos.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra B

    As Batalhas dos Guararapes, que se desenrolaram entre o fim de 1648 e o início de 1649, foram o ponto alto da Insurreição Pernambucana. Apesar de o exército holandês, à época, possuir uma estrutura melhor e um maior número de soldados, ele acabou por sofrer um enorme desgaste com as investidas de caráter guerrilheiro por parte dos insurretos.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra C

    A Guerra dos Trinta Anos (1618-1648), que sacudiu a Europa no século XVII, criou uma atmosfera de intensa rivalidade entre Espanha e Holanda, sobretudo em razão da posição religiosa (Católicos x Protestantes, respectivamente). Essa rivalidade refletiu-se no “Brasil Holandês”.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas