Você está aqui Exercícios Exercícios de História do Brasil Exercícios sobre a Guerra do Paraguai

Exercícios sobre a Guerra do Paraguai

A Guerra do Paraguai foi o maior conflito armado da América do Sul, resultando na morte de milhares de pessoas e na destruição do Paraguai.

  • Questão 1

    (Enem-2010) Substitui-se então uma história crítica, profunda, por uma crônica de detalhes onde o patriotismo e a bravura dos nossos soldados encobrem a vilania dos motivos que levaram a Inglaterra a armar brasileiros e argentinos para a destruição da mais gloriosa república que já se viu na América Latina, a do Paraguai.

    CHIAVENATTO, J. J. Genocídio Americano: a Guerra do Paraguai. São Paulo: Brasiliense, 1979 (adaptado)

    O imperialismo inglês, “destruindo o Paraguai, mantém o status quo na América Meridional, impedindo a ascensão do seu único Estado economicamente livre”. Essa teoria conspiratória vai contra a realidade dos fatos e não tem provas documentais. Contudo essa teoria tem alguma repercussão.

    DORATIOTO, F. Maldita guerra: nova história da Guerra do Paraguai. São Paulo: Cia das Letras, 2002 (adaptado).

    Uma leitura dessas narrativas divergentes demonstra que ambas estão refletindo sobre

    a) a carência de fontes para a pesquisa sobre os reais motivos dessa Guerra.

    b) o caráter positivista das diferentes versões sobre essa Guerra.

    c) o resultado das intervenções britânicas nos cenários de batalha.

    d) a dificuldade de elaborar explicações convincentes sobre os motivos dessa Guerra.

    e) o nível de crueldade das ações do exército brasileiro e argentino durante o conflito.

    ver resposta



  • Questão 2

    (UFES) A Guerra do Paraguai, considerada o maior conflito armado da história da América do Sul, além de provocar a morte de inúmeros paraguaios, brasileiros, argentinos e uruguaios, foi a causa do desequilíbrio econômico e do aumento substancial das dívidas externas dos países envolvidos no conflito. Apesar disso, a guerra foi um "bom negócio" para:

    a) os paraguaios, que conquistaram territórios estratégicos para seu desenvolvimento na Bacia do Prata;

    b) os argentinos, que conquistaram vastas porções do território paraguaio e anexaram áreas do Rio Grande do Sul;

    c) os norte-americanos, que aumentaram a sua exportação de açúcar e trigo para o Uruguai e para o Brasil;

    d) os brasileiros, que não tiveram grandes prejuízos com a guerra e conquistaram parte do território argentino e paraguaio;

    e) os ingleses, que emprestaram milhões de libras para os países da Tríplice Aliança, com juros altos, através de seus bancos.

    ver resposta


  • Questão 3

    Sobre a Guerra do Paraguai, assinale a alternativa incorreta:

    a) O conflito deflagrou-se após uma série de hostilidades entre Paraguai e Brasil, como o caso do sequestro do presidente da província do Mato Grosso pelas tropas paraguaias.

    b) As tropas da Tríplice Aliança conseguiram anular a ofensiva do exército paraguaio após cinco anos de conflito, sendo que em março de 1870, na Batalha de Cerro Corá, o Paraguai veio a oficializar a sua derrota no conflito.

    c) Criada para enfrentar o forte e bem treinado exército paraguaio, a Tríplice Aliança era composta por Brasil, Argentina e Inglaterra.

    d) o presidente paraguaio Solano Lopez buscou dar força a autônoma economia paraguaia com a criação de fábricas e o estímulo à produção agrícola, após as ações de reforma agrária e incentivo à educação pública realizada pelos governos anteriores.

    ver resposta


  • Questão 4

    Proclamação do imperador D. Pedro II aos rio-grandenses, em 16 de julho de 1865.

    RIO-GRANDENSES1 – Sem a menor provocação, é por ordem do governo do Paraguai invadido pela segunda vez o território da nossa pátria. Seja vosso único pensamento o vingardes tamanha afronta, e todos nos ufanaremos cada vez mais do brio e denodo dos brasileiros.

    A rapidez das comunicações entre a capital do Império e a vossa província permite a mim e a meus genros, meus novos filhos, presenciar vossos nobres feitos.

    Rio-grandenses! Falo-vos como um pai que zela a honra da família brasileira, estou certo de que procedereis como irmãos, que se amam ainda mais quando qualquer deles sofre.

    Palácio do Rio Grande, 16 de julho de 1865.

    D. PEDRO II. IMPERADOR CONSTITUCIONAL E DEFENSOR PERPÉTUO DO BRASIL.

    SCHNEIDER, L. A Guerra da Tríplice Aliança (Império do Brasil, República Argentina e República Oriental do Uruguai) contra o governo da República do Paraguai (1864-1870). São Paulo: Edições Cultura, 1945, p. 342.

    Para compor as tropas do exército brasileiro na Guerra do Paraguai, D. Pedro II precisou criar um discurso nacionalista para estimular a participação dos brasileiros na guerra, além de impor o alistamento obrigatório. Entretanto, houve um corpo de voluntários que lutou na guerra. Como ficou conhecido esse corpo?

    a) Força Expedicionária Brasileira.

    b) Os Pracinhas.

    c) Voluntários Paulistas.

    d) Voluntários da Pátria.

    ver resposta


  • Questão 5

    O forte e bem treinado exército paraguaio venceu as primeiras batalhas durante a Guerra do Paraguai, impondo baixas e conquistando territórios. Porém, a partir de certo momento, passou a sofrer sérias derrotas, que comprometeram suas defesas. A primeira derrota dos paraguaios que ficou célebre foi a Batalha:

    a) de Riachuelo

    b) de Uruguaiana.

    c) de Tuiuti.

    d) Batalha de Humaitá.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D. A questão refere-se aos debates na historiografia sobre os responsáveis pela guerra. Em linhas gerais, a história da Guerra do Paraguai ou é contada como uma consequência da ação imperialista inglesa contra a autônoma república paraguaia ou como uma vitória gloriosa do exército brasileiro contra a tirania do governo paraguaio.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra E. A Inglaterra beneficiou-se com a Guerra do Paraguai, pois financiou os esforços bélicos dos países da Tríplice Aliança. Estudos indicam que havia ainda o interesse dos ingleses no fim da economia autônoma paraguaia, já que o país não era um mercado consumidor de seus produtos industrializados.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra C. A Tríplice Aliança não tinha a Inglaterra em sua composição, mas sim o Uruguai ao lado de Brasil e Argentina.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra D. Os Voluntários da Pátria foram convocados para auxiliar as tropas brasileiras contra o exército paraguaio, mas a maior parte do contingente de soldados brasileiros foi arregimentada compulsoriamente.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Letra A. A Batalha Naval de Riachuelo, de junho de 1865, marcou o início da derrota paraguaia e impediu que o exército de Solano Lopes ganhasse o estuário platino e chegasse ao Uruguai.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas