Você está aqui Exercícios Exercícios de História do Brasil Exercícios sobre Economia Mineradora

Exercícios sobre Economia Mineradora

Nestes exercícios sobre Economia Mineradora, você pode averiguar os seus conhecimentos sobre uma das principais formas de economia do período colonial brasileiro.

  • Questão 1

    (UFCE) Leia o trecho abaixo.

    "Na mineração, como de resto em qualquer atividade primordial da colônia, a força de trabalho era basicamente escrava, havendo entretanto os interstícios ocupados pelo trabalho livre ou semi-livre." (Souza, Laura de M. Desclassificados do Ouro: pobreza mineira no século XVIII. 3 ed. Rio de Janeiro: Graal, 1990, p.68)

    Com base neste trecho sobre o trabalho livre praticado nas áreas mineradoras do Brasil Colônia, é correto afirmar que:

    a) devido à abundância de escravos no período do apogeu da mineração, os homens livres conseguiam viver exclusivamente do comércio de ouro.

    b) em função da riqueza geral proporcionada pelo ouro, os homens livres dedicavam-se à agricultura comercial, vivendo com relativo conforto nas fazendas.

    c) perseguidos pela Igreja e pela Coroa, os homens livres procuravam sobreviver às custas da mendicância e da caridade pública.

    d) sem condições de competir com as grandes empresas mineradoras, os homens livres dedicavam-se à "faiscagem" e à agricultura de subsistência.

    e) em função de sua educação, os homens livres conseguiam trabalho especializado nas grandes empresas mineradoras, obtendo confortáveis condições de vida.

    ver resposta



  • Questão 2

    A atividade mineradora no Brasil concentrou-se, sobretudo, na região de Minas Gerais, onde foram construídas vilas e cidades como Ouro Preto, Mariana e Diamantina. Em cidades como essas, é possível ver até hoje os reflexos da vida social e cultural que surgiu em torno da mineração. Em termos artísticos, podemos dizer que o gênero de arte largamente praticado em Minas, na época da Mineração, foi:

    a) o realismo

    b) o surrealismo

    c) o barroco

    d) o expressionismo abstrato

    e) o dadaísmo

    ver resposta


  • Questão 3

    (UFES) A expansão do ouro aparentemente simples atraiu milhares de pessoas para a América Portuguesa cuja população estimada passou de 300 000 habitantes em 1690 para 2 500 000 em 1780. Metade desse aumento demográfico ocorreu na região mineradora. Considerando essas afirmações, pode-se afirmar que:

    a) O denominado “ciclo do ouro” possibilitou uma espécie de atração centrípeta para o mercado interno desenvolvido pela mineração e, assim, contribuiu como fator de integração regional na América Portuguesa.

    b) A população atraída para a mineração também desenvolveu intensa atividade agrária de subsistência, propiciando reconhecida autossuficiência que inibiu qualquer tipo de polarização.

    c) O Regimento dos Superintendentes / Guardas-Mores e Oficiais Deputados para as Minas que em 1702 instituiu a Intendência das Minas mantinha rigorosa disciplina militar e constante vigilância na Estrada Real, impedindo o ingresso de emboabas e mascates nas regiões de ouro e diamantes.

    d) O denominado “ciclo do ouro” ocasionou uma espécie de atração centrífuga, pois as riquezas auríferas de Goiás e da Bahia contribuíram para financiar simultaneamente o denominado renascimento agrícola no Nordeste do Brasil no final do século XVII.

    e) A integração regional da América Portuguesa consolidou-se durante a União Ibérica (1580-1640) quando foi removida a linha de Tordesilhas, possibilitando a convergência das regiões de pecuária para o grande entreposto comercial que consagrou a região de Minas Gerais.

    ver resposta


  • Questão 4

    A economia mineradora brasileira, florescida na época colonial, na passagem do século XVII para o século XVIII, só foi possível pela ação de determinadas figuras históricas que desbravaram e adentraram pelo sertão brasileiro. Tais figuras eram:

    a) os jesuítas

    b) os bandeirantes

    c) os militares

    d) os comunistas

    e) os huguenotes

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D

    Aqueles que pertenciam às camadas mais pobres das regiões onde predominava a economia mineradora sobreviviam da agricultura de subsistência, isto é, da plantação de pequenos roçados próximos aos campos de prospecção. Também conseguiam praticar a chamada “faiscagem”, que consistia na extração de ouro sem o auxílio dos equipamentos adequados usados pelos mineradores profissionais.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra C

    O barroco mineiro manifestou-se na construção arquitetônica de igrejas, bem como na decoração do interior delas, no qual eram empregados o ouro, a prata e os diamantes da região. Além disso, no plano da escultura, grandes mestres, como Aleijadinho (que também era arquiteto) e Mestre Ataíde, conseguiram produzir peças de valor artístico incontestável. Isso também ocorreu no campo da pintura, com Monoel da Costa e Joaquim José da Natividade, entre outros.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra A

    A exploração das minas de ouro e diamante no Brasil atraiu contingentes enormes de aventureiros, advindos tanto de outras regiões do Brasil Colonial quanto da metrópole lusitana.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra B

    Os bandeirantes tiveram papel preponderante nas descobertas das minas de ouro e diamante nos sertões do Brasil, exatamente em virtude dos empreendimentos como desbravadores. As expedições dos bandeirantes exploraram praticamente todo o atual território do Brasil.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas