Você está aqui Exercícios Exercícios de História da América Exercícios sobre o cotidiano nas Treze Colônias

Exercícios sobre o cotidiano nas Treze Colônias

Com estes exercícios sobre o cotidiano nas Treze Colônias, você pode averiguar os seus conhecimentos sobre detalhes da formação dos EUA.

  • Questão 1

    Leia o texto a seguir: “As mulheres tinham trabalhos dentro e fora de casa. Por suas mãos a família se vestia, comia e obtinha iluminação, tendo em vista que tecidos, alimentos e velas eram geralmente produção caseira. No século XVIII, as mulheres das colônias dificilmente ficavam solteiras, casando-se por volta dos 24 anos – bem mais tarde que as mulheres europeias do período. Já no século XIX, o autor francês Alexis de Tocqueville notaria que as mulheres da América eram muito mais liberadas do que as europeias.” (KARNAL, Leandro. História dos Estados Unidos: das origens ao século XXI. São Paulo: Contexto, 2015. p. 67).

    De acordo com o texto, o papel desempenhado pelas mulheres no contexto das Treze Colônias dos EUA:

    a) era marcado pela submissão e falta de liberdade.

    b) era restrito à atividade doméstica sem produtividade alguma.

    c) não tinham nenhuma expressividade.

    d) era decisivo para a economia e produção de utensílios domésticos.

    e) nenhuma das alternativas.

    ver resposta



  • Questão 2

    (FGV) A conquista colonial inglesa resultou no estabelecimento de três áreas com características diversas na América do Norte. Com relação às chamadas "colônias do sul", é correto afirmar:

    a) Baseava-se, sobretudo, na economia familiar e desenvolveu uma ampla rede de relações comerciais com as colônias do Norte e com o Caribe.

    b) Baseava-se em uma forma de servidão temporária que submetia os colonos pobres a um conjunto de obrigações em relação aos grandes proprietários de terras.

    c) Baseava-se em uma economia escravista voltada principalmente para o mercado externo de produtos, como o tabaco e o algodão.

    d) Consolidou-se como o primeiro grande polo industrial da América com a transferência de diversos produtores de tecidos vindos da região de Manchester.

    e) Caracterizou-se pelo emprego de mão de obra assalariada e pela presença da grande propriedade agrícola monocultora.

    ver resposta


  • Questão 3

    Quando o intelectual e político francês Alexis de Tcqueville esteve nos Estados Unidos percebeu que a organização política daquele país tinha uma relação muito íntima com fatores culturais como o de se encarar o trabalho como virtude. Esses traços culturais vistos por Tocqueville, em grande parte, derivam:

    a) da cultura ibérica, em especial da hispânica.

    b) das culturas pré-colombianas, em especial das tribos apaches.

    c) das colonização francesa, que antecedeu a inglesa.

    d) dos judeus, que migraram em massa para os EUA nos século XVI.

    e) da religião puritana (calvinismo inglês).

    ver resposta


  • Questão 4

    (PUC-PR) O chá veio da China e atingiu a Europa no início do século XVII com o primeiro carregamento chegando a Amsterdã em 1609. A partir do século XVIII, a Inglaterra torna-se o principal importador de chá da Europa. Nesse mesmo período, o chá consistiu em importante bebida da população dos Estados Unidos da América, ainda colônia inglesa. A partir desse contexto, marque a alternativa CORRETA:

    a) Esse período é marcado pela questão dos impostos, especialmente a aprovação, em 1773, do imposto inglês sobre o chá, produto importado e muito consumido pelos colonos.

    b) Em meados do século XVIII, fortaleceram-se as relações entre colonos norte-americanos e a sua metrópole inglesa, especialmente com o apoio dos colonos contra os invasores espanhóis.

    c) Além do imposto sobre o chá, o Parlamento inglês aprovou também o imposto sobre o açúcar. No entanto, essa lei não foi tão grave, pois esse produto não era importante para os Estados Unidos, que, nessa época, quase não consumiam açúcar.

    d) A Lei do Chá está relacionada ao episódio em que colonos ingleses, vestidos de índios, jogaram um carregamento de chá no mar, no porto de Boston. Esse incidente radical levou a Inglaterra a reconhecer a independência dos Estados Unidos.

    e) Os conflitos entre Inglaterra e França (Guerra dos Sete Anos - 1756-1763) estão relacionados diretamente à 'Guerra de Secessão' norte-americana.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra D

    De acordo com Karnal, a atividade econômica das cidades e vilarejos à época das Treze Colônias dependia em grande parte do trabalho das mulheres, que, por isso mesmo, tinham conquistado maior liberdade do que em outras regiões do mundo em que prevaleceu a restrição da mulher à participação econômica.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra C

    As colônias do Sul dos EUA, em virtude de sua adaptação ao modelo da plantation (grandes extensões de terras em que se produzia, geralmente, um único tipo de cultura, como o algodão), acabou por adotar a mão de obra escrava, então em voga à época onde se tinha esse tipo de modelo econômico agrícola.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra E

    Os elementos do puritanismo inglês, como a valorização do trabalho, foram decisivos para a formação do “ethos”, do modo de vida norte-americano, sobretudo das colônias no Norte. Essa influência da religião na economia política dos americanos foi estudada com precisão pelo sociólogo austríaco Max Weber em sua obra “A Ética Protestante e o Espírito do Capitalismo”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra A

    A questão do imposto cobrado sobre o chá foi decisiva para a ascensão do movimento pela Independência nos Estados Unidos. A revolta dos colonos de Boston, que resultou na morte de cinco deles, funcionou como estopim para a deflagração dos conflitos que deram ensejo para a redação da Declaração de Independência em 1776.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas