Você está aqui Exercícios Exercícios de Gramática Exercícios sobre figuras de linguagem e figuras de sintaxe

Exercícios sobre figuras de linguagem e figuras de sintaxe

Estes exercícios sobre figuras de linguagem e figuras de sintaxe exploram esses interessantes recursos expressivos da língua nos diferentes gêneros textuais.

  • Questão 1

    (Enem - 2013)

    A leitura de charges pode ajudar o candidato a compreender o funcionamento das figuras de linguagem
    A leitura de charges pode ajudar o candidato a compreender o funcionamento das figuras de linguagem

    Pelas características da linguagem visual e pelas escolhas vocabulares, pode-se entender que o texto possibilita a reflexão sobre uma problemática contemporânea ao

    a) criticar o transporte rodoviário brasileiro, em razão da grande quantidade de caminhões nas estradas.

    b) ironizar a dificuldade de locomoção no trânsito urbano, em razão do grande fluxo de veículos.

    c) expor a questão do movimento como um problema existente desde tempos antigos, conforme frase citada.

    d) restringir os problemas de tráfego a veículos particulares, defendendo, como solução, o transporte público.

    e) propor a ampliação de vias nas estradas, detalhando o espaço exíguo ocupado pelos veículos nas ruas.

    ver resposta



  • Questão 2

    Assinale a alternativa em que ocorre aliteração:

    a) “A gente almoça e se coça e se roça e só se vicia.” (Chico Buarque)

    b) "Vi, claramente visto, o lumo vivo." (Luís de Camões)

    c) "Ó mar salgado, quanto do teu sal são lágrimas de Portugal." (Fernando Pessoa)

    d) “Minha vida é uma colcha de retalhos, todos da mesma cor.” (Mário Quintana)

    e) Todas estão corretas.

    ver resposta


  • Questão 3

    (Enem – 2009)

    Para o Mano Caetano

    O que fazer do ouro de tolo 
    Quando um doce bardo brada a toda brida, 
    Em velas pandas, suas esquisitas rimas? 
    Geografia de verdades, Guanabaras postiças 
    Saudades banguelas, tropicais preguiças? 
     
    A boca cheia de dentes 
    De um implacável sorriso 
    Morre a cada instante 
    Que devora a voz do morto, e com isso, 
    Ressuscita vampira, sem o menor aviso 
     
    [...] 
    E eu soy lobo-bolo? lobo-bolo 
    Tipo pra rimar com ouro de tolo? 
    Oh, Narciso Peixe Ornamental! 
    Tease me, tease me outra vez 1
    Ou em banto baiano 
    Ou em português de Portugal 
    De Natal 
    [...] 
     
    1 Tease me (caçoe de mim, importune-me).

    LOBÃO. Disponível em: http://vagalume.uol.com.br.
    Acesso em: 14 ago. 2009 (adaptado).

    Na letra da canção apresentada, o compositor Lobão explora vários recursos da língua portuguesa a fim de conseguir efeitos estéticos ou de sentido. Nessa letra, o autor explora o extrato sonoro do idioma e o uso de termos coloquiais na seguinte passagem:

    a) “Quando um doce bardo brada a toda brida” (v. 2) 

    b) “Em velas pandas, suas esquisitas rimas?” (v. 3)

    c) “Que devora a voz do morto” (v. 9) 

    d) “lobo-bolo//Tipo pra rimar com ouro de tolo? (v. 11-12) 

    e) “Tease me, tease me outra vez” (v. 14)

    ver resposta


  • Questão 4

     Sobre as figuras de sintaxe, estão corretas as seguintes proposições:

    I. As figuras de sintaxe, ou figuras de construção, são uma classificação das figuras de linguagem, elementos que tornam um texto, especialmente aqueles que adotam a linguagem literária, mais expressivo e linguisticamente rico.

    II. Enquanto as figuras de pensamento subvertem o sentido real das palavras, as figuras de sintaxe promovem desvios sintáticos e concordâncias irregulares que imprimem características incomuns à construção linguística.

    III. As figuras de sintaxe, subdivisão das figuras de linguagem, são recursos estilísticos para tornar nossa expressão mais contundente e provocar impacto no ouvinte ou leitor.

    IV. “(...) Onde a minha namorada.../Vai e diz a ela as minhas penas e que eu peço/Peço apenas/Que ela lembre as nossas horas de poesia (...)”. No trecho da música Canto triste, de Edu Lobo, há um exemplo de elipse em “Onde a minha namorada”, pois o verbo estar ou andar está subentendido.

    V. Silepse, zeugma, elipse, pleonasmo, hipérbato, plolepse, silepse e anacoluto são alguns exemplos de figuras de sintaxe.

    a) Todas estão corretas.

    b) I e II estão corretas.

    c) I, II, IV e V estão corretas.

    d) III e V estão corretas.

    e) III, IV e V estão corretas.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Alternativa “b”. A figura de linguagem empregada na charge é a ironia, pois ela propõe uma reflexão sobre a problemática atual do trânsito urbano. O chargista utilizou uma máxima do filósofo grego Parmênides, retirando-a de seu verdadeiro sentido e associando-a à imagem do trânsito parado que não permite o tráfego dos veículos.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Alternativa “a”. Aliteração é uma figura de linguagem que consiste em repetir fonemas em um verso ou frase, especialmente as sílabas tônicas. A aliteração é largamente utilizada em poesia, mas também pode ser empregada em prosa, especialmente em frases curtas. Consiste na repetição do mesmo fonema consonântico, de forma a obter um efeito expressivo.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Alternativa “d”. A alternativa “d” apresenta o verso que explora figuras de sintaxe: a aliteração (que consiste em repetir sons consonantais idênticos ou semelhantes no início de palavras de uma frase ou de versos de uma poesia para criar sonoridade) e da assonância (que consiste em repetir sons de vogais em um verso ou em uma frase, especialmente as sílabas tônicas).

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Alternativa “c”. O item III faz referência às figuras de pensamento.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas