Você está aqui Exercícios Exercícios de Gramática Exercícios sobre “ao telefone” ou “no telefone”

Exercícios sobre “ao telefone” ou “no telefone”

Estes exercícios sobre as expressões “ao telefone” ou “no telefone” vão auxiliá-lo(a) a testar seus conhecimentos sobre o uso das preposições “em” ou “a”.

  • Questão 1

    Marque a alternativa que apresenta equívoco de regência verbal:

    a) Ela queria ir à praia, mas o dia amanheceu nublado.

    b) Mãe, atenda a campainha, pois estou no telefone!

    c) Gostaria de ir ao show, mas estou sem carro.

    d) Combinamos que nos encontraremos em frente ao hotel.

    e) Avisei àquelas meninas para não passarem naquela rua às 5h da manhã.

    ver resposta



  • Questão 2

    Leia a oração a seguir: “Ele passa o dia inteiro falando no telefone e mexendo no Facebook.” Com relação à sintaxe do período, marque a alternativa correta:

    a) O período não apresenta equívoco de construção sintática.

    b) O único equívoco presente no período é a ortografia do verbo “mexendo”, o qual deve ser grafado com o dígrafo “ch”, ou seja, “mechendo”.

    c) No período, podemos observar o chamado “gerundismo”, ou seja, quando há o mau uso do gerúndio. Além de ser um equívoco sintático, o gerundismo torna o discurso demasiadamente coloquial e empobrecido.

    d) O equívoco é “falando no telefone”. A forma correta é: “falando ao telefone”.

    e) Todas as alternativas estão incorretas.

    ver resposta


  • Questão 3

    Marque a alternativa que apresenta o mesmo equívoco sintático da oração a seguir: “Os convidados sentaram na mesa e, antes de iniciarem o almoço, fizeram uma oração.”.

    a) Mariana foi à feira e levou um baita susto com o preço das maçãs.

    b) Informei àqueles garotos que não é permitida a entrada de menores de idade no estabelecimento.

    c) O jantar iniciou às 9h e, em seguida, fomos à sala de reuniões.

    d) Sentou-se à mesa e comportou-se como uma verdadeira princesa.

    e) Carla ficou o dia todo no telefone e não entregou os relatórios.

    ver resposta


  • Questão 4

    Considere a frase: “Maria passou a manhã ao telefone fazendo os orçamentos.”

    Ela está correta porque:

    a) O verbo “passar” é transitivo direto, ou seja, não necessita de auxílio de preposição.

    b) Quando um advérbio de tempo (a manhã) antecede um substantivo (telefone), é necessário inserir um artigo preposicionado “ao” (em + no).

    c) Quando falamos ao telefone, estamos próximos do aparelho, mas não estamos "no" (em + o) aparelho. O contexto do enunciado deixa claro que o sujeito está “falando ao telefone”, e não falando em cima/dentro do telefone.

    d) O verbo “fazer” é intransitivo, ou seja, não necessita de complemento.

    e) O verbo “fazendo”, como está no Gerúndio, deveria ser substituído por “para fazer”, dessa forma, o chamado “gerundismo” poderia ser evitado.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra B: O correto é:Mãe, atenda a campainha, pois estou ao telefone!”, ou seja, o sujeito está falando ao telefone. Estar “no” gera o sentido de “estar dentro/em cima/sob” o telefone.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra D: Embora muitos gramáticos considerem corretas a forma “no telefone”, em razão da recorrência de uso e diversificação dos verbos que antecedem a referida expressão, é aconselhável utilizar “ao telefone”.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra E: Quando sentamos para comer, sentamos à mesa, e não “na” mesa; da mesma forma, não ficamos “no” telefone, já que telefone não é um lugar, mas, sim, um objeto. Por isso, a forma correta é “ao” telefone.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra C. Essa é a única justificativa correta.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas