Você está aqui Exercícios Exercícios de Geografia do Brasil Exercícios sobre migrações internas no Brasil

Exercícios sobre migrações internas no Brasil

Com estes exercícios sobre as migrações internas no Brasil você poderá testar seus conhecimentos e aprender mais sobre esse tipo de migração.

  • Questão 1

    As migrações realizadas dentro de um país são classificadas como:

    a) Migrações internacionais

    b) Migrações pendulares

    c) Migrações internas

    d) Migrações espontâneas

    e) Migrações definitivas

    ver resposta



  • Questão 2

    João Maria trabalhava na colheita de cana de açúcar, na Zona da mata açucareira da região Nordeste, quando resolveu migrar para São Paulo em busca de uma melhor qualidade de vida e de empregos que pagassem melhor. João Maria realizou uma migração interna do tipo:

    a) Migração intrarregional

    b) Migração pendular

    c) Migração inter-regional

    d) Migração intermunicipal

    e) Migração interestadual

    ver resposta


  • Questão 3

    O principal fluxo migratório do Brasil, ocorrido durante os séculos XIX e XX, tinha como direção e motivação:

    a) Do nordeste para a região norte, em razão, principalmente, do ciclo da borracha.

    b) Da região sul para a região centro-oeste, em consequência da expansão da fronteira agrícola.

    c) Da região norte para a região centro-oeste, em razão da carência de infraestrutura básica que atenda a população.

    d) Da região nordeste para a região sudeste, em virtude da decadência econômica do nordeste após o início da corrida do ouro.

    e) Da região centro-oeste para a região sul, pois os imigrantes estrangeiros que chegaram no centro-oeste não se adaptaram ao clima seco e quente do interior do Brasil, migrando para o Sul do país, onde o clima era mais próximo dos seus países de origem.

    ver resposta


  • Questão 4

    (UFF-2008) “Os fatores de conservação transformaram o semiárido em uma região aparentemente sem história, dada a permanência e imutabilidade dos problemas. Como se com o decorrer das décadas nada tivesse se alterado e o presente fosse um eterno passado. A cada seca, e mesmo no intervalo entre uma e outra, milhares de nordestinos foram abandonando a região. Sem esperança de mudar a história das suas cidades, buscaram em outras paragens a solução para a sobrevivência das suas famílias. Foi nos sertões que permaneceu inalterado o poder pessoal dos coronéis, petrificado durante o populismo e pela migração de milhões de nordestinos para o sul” (VILLA, Marco Antônio. Vida e morte no sertão: história das secas no Nordeste nos séculos XIX e XX. São Paulo: Ática, 2000, p. 252).

    Com base no trecho acima, é possível concluir que:

    a) a grande evasão das populações do Nordeste em direção à região Sudeste resultou no “boom” da borracha ocorrido na década de 1970;

    b) as secas nordestinas não podem ser historicamente explicadas, já que decorrem de fenômenos estritamente geográficos;

    c) a “indústria da seca” no Nordeste beneficiou diretamente as grandes capitais da região, estimulando sua industrialização em inícios do século XX;

    d) as secas do Nordeste, resultando na multiplicação de fortes correntes migratórias, transformaram o homem nordestino em sinônimo exclusivo de flagelado;

    e) a grande mobilidade dos nordestinos, mais que uma decorrência das secas, foi fruto de um sistema de dominação baseado na propriedade da terra que marginalizava homens livres e pobres.

    ver resposta


  • Questão 5

    De acordo com o IBGE, o nordeste foi a região com maior retorno de migrantes do Brasil na primeira década do século XXI. As principais causas para essa tendência são:

    a) A diminuição do potencial atrativo da região sudeste e a recente recuperação econômica da região nordestina.

    b) A diminuição do potencial atrativo da região sudeste e a política de governo atual que incentiva o regresso dos nordestinos para sua região, objetivando diminuir a violência nas grandes cidades da região sudeste.

    c) A recuperação econômica da região nordestina e a crise econômica que o restante do país vive atualmente, que faz com que a região nordestina seja a região mais atrativa do país atualmente.

    d) A política de governo atual, que incentiva o regresso dos nordestinos para sua região, objetivando diminuir a violência nas grandes cidades da região sudeste.

    e) A descoberta do pré-sal na região nordestina, que atrai muitos nordestinos para a sua terra natal visando trabalhar nas refinadoras de petróleo e a diminuição do potencial atrativo da região sudeste.

    f) A vontade dos nordestinos de se reunirem com os seus familiares e a não adaptação deles em uma nova região.

    ver resposta


Respostas

  • Resposta Questão 1

    Letra C

    As migrações ocorridas dentro de um país recebem o nome de migrações internas e podem ser classificadas em migrações inter-regionais, quando o migrante sai de uma região para outra, ou migrações intrarregionais, quando a migração acontece dentro de uma mesma região.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 2

    Letra C

    Migrações internas de uma região para outra recebem o nome de migrações inter-regionais. No caso de João Maria, ele saiu do Nordeste e foi para a região Sudeste (São Paulo), realizando assim uma migração entre regiões ou inter-regional.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 3

    Letra D

    Durante os primeiros anos de colonização, o nordeste Brasileiro foi a região mais urbanizada e desenvolvida do país. Esse desenvolvimento ocorria a partir da extração das riquezas brasileiras, principalmente do pau-brasil, e da produção da cana-de-açúcar. Como a diminuição da produção de cana-de-açúcar, no século XVII, coincidiu com a descoberta de ouro na região nordeste do Brasil, logo a economia nordestina entrou em crise e a população dessa região passou a migrar para a região que possuía mais postos de trabalho: a região sudeste.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 4

    Letra E

    Acredita-se, de forma equivocada, que as migrações nordestinas para a região sudeste tenham sido provocadas pela ocorrência das secas na região, mas a principal razão para a mobilidade dos nordestinos é o sistema político que vigorava, e ainda vigora, em certa medida, na região. Esse sistema era controlado pelos grandes proprietários de terra que, na maioria das vezes, possuíam o poder, seja oficialmente, exercendo cargos políticos, ou através da autoridade estabelecida a partir do controle dos postos de emprego, e para manter seu status quo não procuraram desenvolver medidas para superar o problema da seca. Dessa forma, a migração nordestina foi causada, principalmente, pela falta de políticas públicas que promovessem o desenvolvimento nordestino, apesar da seca, do que pela seca propriamente dita.

    voltar a questão


  • Resposta Questão 5

    Letra A

    O inchaço populacional, os problemas sociais enfrentados pelo migrante, a diminuição dos postos de trabalho, em razão da mecanização do processo produtivo e da desconcentração industrial ocorridas nas últimas décadas, fizeram com que a região sudeste deixasse de ser atrativa para os nordestinos. Além disso, as recentes políticas públicas de incentivo de desenvolvimento econômico no nordeste tem atraído muitos nordestinos de volta para a região.

    voltar a questão


Artigo relacionado
Leia o artigo relacionado a este exercício e esclareça suas dúvidas